Ilustração de alguém com dúvida
Marketing

Qual a diferença entre Pirâmide e Marketing Multinível?

20/01/2017 • por meuSucesso .com

Fique atento, pois nem sempre a fronteira entre um e outro é muito clara para os menos experientes

Você já deve ter ouvido falar ou mesmo sido convidado a participar de algum esquema de venda de produtos ou serviços por terceiros, sem o contato direto com a empresa, mas sim através de revendedores. A tática é polêmica e, em alguns casos, pode ser enquadrada como pirâmide financeira, que não é legalizada no Brasil e pode gerar muitos prejuízos para os associados. 

Apesar dos indícios de pirâmide, muitas empresas justificam estratégias do tipo como marketing multinível, que é legalizado e movimenta cerca de R$ 50 bilhões por ano, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Mas, afinal, qual a diferença entre Pirâmide e Marketing Multinível?

O Marketing Multinível é um modelo de venda que permite o recrutamento e a participação dos vendedores nos lucros obtidos. Para isso, ele oferece relações comerciais com pessoas fora da estrutura financeira.

No caso da pirâmide, não há serviços ou produtos repassados para quem está do lado de fora, o que impossibilita o lucro e o crescimento do sistema. Ou seja, a sustentação do negócio se dá apenas pelo investimento dos novos participantes e não pelo lucro de venda. A lógica é simples: os que investem inicialmente — e que estão no topo da pirâmide — podem lucrar, já que os novatos — a base — vão continuar a investir pequenas quantias no processo, que automaticamente repassa o valor para os membros do topo. A base, por sua vez, não receberá retorno algum, uma vez que não haverá mais investimento de lugar nenhum e, assim, a empresa não terá como bancar a base, que sempre é maior que o topo.

Ou seja, a pirâmide é um esquema de marketing sem produto e com receita dependente da inserção de novos membros. 

Pirâmide e os malefícios

Outro aspecto comum na pirâmide é a falta de treinamento para vendedores. No caso do marketing multinível, revendedores costumam receber itens como catálogos e informações sobre a empresa. A pirâmide, por sua vez, não oferece treinamento e não dá garantias mínimas para os participantes.

Em resumo, se o dinheiro provém de vendas, é muito provável que seja um sistema de marketing multinível. Se o dinheiro é baseado no recrutamento de pessoas e não envolve um produto, é bastante capaz de ser uma pirâmide financeira.

Mas fique atento, pois nem sempre a fronteira entre um e outro é muito clara para os menos experientes no mercado.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

Experimente por 7 dias grátis

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários