Marketing

Marketing de Guerrilha: 4 empresas que se utilizam dessa estratégia

16/02/2017 • por meuSucesso .com

O termo, que teve origem na Guerra do Vietnã, está fortemente associado a estratégias bem elaboradas

Em 1984, Jay Conrad Levinson criou a "guerrilla marketing", traduzido para o português como "marketing de guerrilha". Ele descreveu a atividade como uma estratégia capaz de "atingir as metas convencionais, tais como lucros e alegria, com métodos não convencionais, como investir energia em vez de dinheiro". Ao transpor os conceitos de guerrilha do campo militar para os negócios, o autor mostrou que pequenas empresas podem adotar táticas alternativas de marketing para sobreviver no mercado atual, cada vez mais competitivo e mais parecido com um território em guerra.

Conheça 4 casos de sucesso:

Procter & Gamble | Café gigante nas ruas de Nova York

A intervenção urbana é uma das “modalidades” mais usadas no marketing de guerrilha. O motivo é simples: é uma das que mais impressiona o receptor. E foi exatamente esse artifício que a Procter & Gamble usou para promover a sua linha de papel toalha Big Spills. A empresa derramou produtos gigantes pela rua. Em Nova York foi colocada uma xícara de café de seis metros de altura derrubado e derramando sobre a calçada - com vapor e aroma do café feito na hora. 

Nissan contra concorrentes

Em uma ação na cidade alemã de Dusseldorf, a fabricante de carros colou adesivos em modelos da Porsche. Os adesivos continham a mensagem "Gostaria de ver por outra perspectiva?" Em duas semanas de campanha, a Nissan obteve um aumento de 23% no test drive de seus carros. Veja o vídeo da campanha abaixo:

Experimente por 7 dias grátis

Carros Smart se transformam em peças de Pong

Em uma surpreendente ação da agência alemã BBDO, a empresa transformou o simpático veículo Smart em uma das peças do clássico game Pong, do Atari. No entanto, o mais interessante mesmo foi o fato de que as pessoas que andavam na rua de Berlim entravam no carro e utilizavam o veículo como o próprio controle do game. A ação queria trazer uma experiência única aos clientes e conseguiu:

Nivea refrigerando o ponto de ônibus

Muitas empresas gostam de utilizar as paradas de ônibus em estratégias de ações de marketing de guerrilha. Claro, muitas pessoas passam em frente ou param nesses pontos, o que se torna uma ótima possibilidade para visualizar um produto ou uma mensagem. O Guaraná Antarctica resolveu colocar balizas de futebol para promover a Copa do Mundo e seu refrigerante. No anúncio do Fitness First, o banco funciona como uma balança e o peso é apresentado no quadro para que todos vejam. Já a Nivea colocou um refrigerador de ar escondido em um pacote enorme de pó Nycil, para imitar o efeito de frescor do produto sobre a pele.

Pepsi e Coca-Cola

Não é de hoje que essas duas marcas brigam e disputam espaço. São inúmeros os comerciais, ações publicitárias que incitam essa rivalidade. Já teve, inclusive, comercial proibido de ser divulgado em algumas ocasiões. Além disso, em eventos especiais, como Halloween, Natal, e eventos de escala mundial (cmo Olimpiadas, Copa do Mundo) é comum haver comerciais dedicados somente para essa época que incitam ainda mais a rivalidade das duas marcas, com ataques diretos.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

 

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários