ilustração de empreendedor abrindo uma empresa
Empreendedorismo

Empreendedorismo: por que ele foi feito para você?

17/02/2017 • por meuSucesso .com

Existem diversos fatores envolvidos, como conhecimento sobre o assunto, seu mercado, os diferenciais competitivos e a equipe certa para atuar

Quando falamos de empreender, muitas coisas são levadas em consideração, como a busca por informações sobre o negócio e a avaliação de sua serventia. Mas, com certeza, uma pitada de criatividade pode ajudar bastante. Identificar se uma oportunidade realmente é boa não é tarefa das mais fáceis. Existem diversos fatores envolvidos, como conhecimento sobre o assunto, seu mercado, os diferenciais competitivos e a equipe certa para atuar. Afinal, a informação é a alma do negócio e ter um planejamento prévio e contínuo pode auxiliar bastante. Mas você vai ver que empreender não é só para alguns poucos iluminados e está ao alcance de qualquer pessoa, o que inclui você.

"Se a complexidade do negócio e o volume de investimentos são baixos, planejar numa folha de papel, arregaçar as mangas e trabalhar é o que vale. Caso o negócio tenha alta complexidade e demande investimento elevado, então, o melhor é um plano do negócio bem detalhado e estruturado", ensina o empresário Pedro Mello, autor do livro "Guia de Sobrevivência do Empreendedor".

Pedro revela que a informação é a matéria-prima de qualquer projeto. Ela pode ser obtida por meio de competidores, associações e, principalmente, perguntando para amigos, professores ou profissionais do setor que você pretende atuar. "As pessoas não têm a menor ideia do quanto deixam de obter informação grátis apenas por terem vergonha de pedir", conta.

Força de vontade

"No começo, com certeza o empreendedor vai ganhar menos e trabalhar bastante, às vezes, bem mais do que se fosse um empregado em uma empresa. Dependendo do negócio, ele vai ter de batalhar muitos anos até começar a dar certo. A motivação deve ser sempre, portanto, a paixão por seu negócio, a vontade de mudar alguma coisa e crescer. O dinheiro é consequência", afirma.

Além disso, o comportamento ao empreender requer uma determinada postura mental. "O empreendedor é aquela pessoa que pergunta mais do que responde. Ele sempre se questiona em suas experiências cotidianas – e não apenas em seu negócio – sobre o que poderia ser melhorado, aproveitado e transformado", afirma Leandro Vieira, CEO do Administradores.com.

E você: o que tem feito? Compartilhe conosco suas impressões sobre o tema.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

Experimente por 7 dias grátis

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários