Ilustração sobre o que é marketing multnível (MMN)
Marketing

O que é marketing multinível?

21/08/2014 • por meuSucesso .com

Entenda o que é o Marketing Multinível ou MMN. Entenda a diferença entre marketing multinível e pirâmide. Acesse nosso artigo.

O marketing multinível (MMN) também tratado, às vezes, como marketing de rede, teve origem nos EUA, nos idos dos anos 1940. Desde então, passou por vários ciclos, adaptou-se a diferentes momentos da economia mundial e se espalhou por diversos países. No Brasil, há vários modelos de negócios já consolidados baseados nesse formato e hoje é a atividade profissional principal (em alguns casos, a única) de muita gente.

“O marketing multinível é um modelo de remuneração utilizado para manter a força de vendas de produtos e serviços, onde o pagamento de comissões, bônus ou prêmios são destinados não só ao profissional que faz a venda como também a sua linha patrocinadora”, explica Edmundo Roveri, especialista em MMN. Muita gente costuma confundir Marketing Multinível com Pirâmide e não sabe ao certo o que diferencia um do outro. Afinal, qual a diferença entre Pirâmide e Marketing Multinível? Nesta matéria a nossa equipe explica direitinho e tira todas as suas dúvidas! Mais abaixo, continuamos a debater um pouco essa questão com a visão de Roveri.

Ele acrescenta ainda que “o objetivo da empresa que adota este modelo de negócio é compensar o seu profissional pela venda do produto, bem como os profissionais de sua equipe, que normalmente são os que o recrutaram e treinaram este profissional”.

 

Diferença entre MMN e pirâmide

A confusão é, até certo ponto, normal, pois práticas piramidais ilegais, que nos últimos anos dominaram o noticiário, eram anunciadas como marketing de rede.

Essa compensação a quem inclui força de vendas no sistema de uma empresa, geralmente, é o ponto de conflito que coloca em dúvida se um modelo é marketing multinível ou a fraude conhecida como pirâmide.

Roveri estabelece a diferença. “As pirâmides financeiras são negócios totalmente distintos do marketing multinível. Elas são esquemas ilegais de movimentação financeira. O marketing multinível é uma atividade legalizada, baseada na comercialização de produtos e serviços”, afirma.

Edmundo Roveri ainda acrescenta que o MMN “se baseia em princípios e fundamentos éticos e legais e pode gerar bons rendimentos aos profissionais, dependendo, é claro, dos resultados de cada um”.

O especialista ressalta que é importante atentar a alguns sinais que podem ser indícios de que um sistema não é de marketing multinível, mas uma pirâmide. Ele cita alguns exemplos: “prometer ganhos baseados no investimento, realizar negócios sem produtos ou serviços, ganhar pela ordem de chegada pura e simplesmente, independente de obter resultado em vendas, e participar de negócios sem empresas, são seguramente indícios de pirâmides financeiras”.

As pirâmides têm prazo de validade. Quando o número de pessoas entrando no esquema começa a diminuir, os ganhos também entram em queda. Em um dado momento, ninguém mais vai entrar no jogo e aí tudo vai por água abaixo. No marketing multinível, não. Mesmo que ninguém mais entre na rede, se os membros continuarem vendendo (já que o sistema será baseado em produtos ou serviços), a empresa continua gerando receitas. Neste artigo, Venda Direta: 3 empresas que cresceram utilizando o modelo, você aprende um pouco sobre o que é venda direta (que muitas vezes tem relação com o marketing multinível) e conhece empresas que estão crescendo com o modelo.

Para ter certeza de que a empresa é do modelo de negócio de marketing multinível e se certificar que não se trata de uma pirâmide, consulte o site ABEVD – Associação Brasileira de Empresas de Venda Direta.

 

Como o Marketing de rede ou Marketing Multinível funciona

No marketing multinível, um revendedor tem que se esforçar para vender os seus produtos para sua carteira de clientes  - o que gera lucro direto e, além disso, atrair novos revendedores para a sua rede – obtendo, assim, um lucro indireto, por meio da comissão residual.  Em outras palavras, tudo funciona como uma rede: família, amigos e conhecidos tornam-se clientes e passam a convidar outras pessoas, tornando-se distribuidores independentes.

Sendo assim, a cada venda feita pelos distribuidores independentes, é gerada uma comissão para essa rede de pessoas que você conseguiu recrutar. Ou seja, o marketing é o trabalho a ser feito por quem entra nesse negócio e “multinível” é a maneira como essa pessoa será remunerada.

Ao se cadastrar em uma empresa, você se responsabiliza por construir uma organização por meio de seu trabalho de marketing. Mas, vale lembrar que, ao ter a sua própria equipe de revendedores, serão necessários treinamentos, orientações, premiações, para manter essa equipe engajada nas vendas. Além de vender e encontrar revendedores pra sua rede, é natural que integrantes de uma rede usem também o que vende.

Desse modo, o movimento de produtos por meio dessa organização hierarquizada em vários níveis irá gerar os bônus que você receberá da empresa. Cada empresa pratica suas próprias formas de bonificação, esses extras podem ser em forma de amostras grátis, desconto maior em alguns produtos ou maior comissão, prêmios de luxo e viagens, tudo de acordo com o volume de vendas.

Meios de venda:

  1. Venda porta a porta, em que o revendedor aborda o consumidor para oferecer produtos e serviços utilizando-se de demonstrações, oferta de brindes e descontos especiais. Este é o modelo mais usado no país;
  2. Venda em eventos sociais, com reunião de várias pessoas é possível demonstrar as funcionalidades do produto ou serviço e atingir de uma só vez mais consumidores e novos revendedores;
  3. Venda sob encomenda, por catálogo, em que os clientes escolhem e encomendam seus produtos por meio de catálogo impresso ou digital e recebem em alguns dias;

 

Exemplos de Empresas que usam o Marketing Multinível

São muitas as vantagens de se trabalhar com marketing multinível, desde que seja de empresas já consolidadas no mercado. As mais conhecidas são:

Mary Kay - A Mary Kay é uma empresa americana de marketing de multinível que comercializa produtos cosméticos, fundada em 1963.

Polishop - A Polishop é uma empresa varejista brasileira com faturamento anual estimado em mais de 1 bilhão de reais.

Jequiti – A Jequiti, além das tradicionais comissões, o programa chama a atenção pela possibilidade de seus consultores e gerentes de vendas poderem participar dos programas do SBT, como o Roda a Roda Jequiti, e faturarem prêmios que podem chegar até 1 milhão de reais.

Hinode - A Hinode é uma empresa brasileira e trabalha com uma ampla variedade de produtos de beleza e higiene pessoal.

Herbalife - A Herbalife já coleciona quase 4 décadas de história e é uma das maiores empresas globais de nutrição. Seus produtos, como suplementos, shakes e barras de proteína, são voltados para o estímulo e a promoção de uma vida saudável.

Amway - A Amway, que faz parte do Grupo Alticor, é a líder mundial nesse segmento já há alguns anos. Ela está presente em 100 países e conta com 3 milhões de Empresários Amway (como são chamados os seus revendedores).

 

Vantagens do marketing multinível

Nem tudo são flores no caminho de quem escolhe ter uma empresa ou trabalhar no modelo multinível, mas, por outro lado, é uma forma de negócio que oferece boas vantagens. Uma delas é que não exige ponto de venda fixo, o que é muito econômico. Além disso, trabalhar com venda direta traz uma certa liberdade, nesse modelo de negócio você pode escolher quantas horas do dia se dedicará ao trabalho, o tipo de produto que quer comercializar e o público para o qual irá vender, só vale lembrar que o seu ganho será proporcional à sua produtividade. Além disso, o marketing multinível possibilita uma alta escalabilidade de negócio.

Já para os revendedores, as principais vantagens são a possibilidade de trabalhar com empresas já estabelecidas no mercado e renomadas, algo que facilita as vendas diretas, por conta da credibilidade. Grandes empresas também garantem um suporte aos vendedores e revendedores e isso é, com certeza, uma vantagem.

 

Dicas para aplicar o MMN

O marketing de rede não é enganação. Muito pelo contrário: pode ser uma excelente maneira de ganhar dinheiro e fazer o que gosta. É uma forma de empreender que, se feita com bom senso e da maneira correta, pode gerar muitos benefícios. Veja algumas dicas:

  1. Escolha um produto ou serviço revolucionário. O mais importante, em qualquer empresa de marketing multinível, é o produto ou serviço.
  2. Crie uma estrutura de comissões atrativa. A estrutura de comissões, também conhecida como plano de compensação, deve ser fácil de entender e lucrativa para todos os membros.
  3. Fuja de qualquer semelhança com um esquema em Pirâmide. Evite planos de compensação insustentáveis. Todas as pessoas querem dinheiro fácil, mas devem entender que não existe.
  4. Defina requisitos para subir no negócio. Para incentivar os melhores distribuidores a criar uma grande rede de empreendedores e vender bastantes produtos, há que criar vários níveis ou um ranking. Para o negócio crescer, é preciso vender.

Se você ficou interessado e quer saber mais sobre marketing multinível, acesse o estudo de caso de Sandro Rodrigues, filho de Adelaide Rodrigues, da Hinode e conheça como essa empresa que está há mais de 30 anos no mercado se tornou uma potência do marketing multinível!

Conteúdo Administradores.com exclusivo para o meuSucesso.com

Experimente por 7 dias grátis

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários