Pessoas

O que é gestão de Recursos Humanos?

23/04/2014 • por meuSucesso .com

Gestão de Recursos Humanos é um conjunto de habilidades, métodos e práticas que visa o desenvolvimento e potencialização do capital humano das empresas. Entenda o conceito e como é aplicado.

Gestão de recursos humanos ou gestão de pessoas é um conjunto de habilidades, métodos e práticas que visa o desenvolvimento e potencialização do capital humano de uma organização, bem como a melhor gerência dos comportamentos e aproveitamento dos diferentes talentos e características encontradas no quadro de colaboradores.

O conceito de recursos humanos, desde seu estabelecimento, tem passado por mudanças no que concerne à forma de tratar e lidar com funcionários. Essa realidade se dá devido às transformações nos modelos de liderança e gestão em geral, que ao longo do tempo têm se tornado cada vez menos focados em estabelecer diferenças de hierarquia, mas visam aproximar o líder de seu liderado, de forma que a gestão valorize e nutra o talento em vez de miná-lo.

A finalidade da administração de recursos humanos nas empresas é a de selecionar, gerenciar e guiar os funcionários no sentido que a organização quer caminhar. Metas e objetivos dela devem ser compartilhados e esclarecidos, isto é parte crucial do que “o recursos humanos” faz, entendendo aqui o RH como setor.

Na gestão organizacional, "recursos humanos" recebe a definição do conjunto de empregados ou colaboradores da empresa. A gestão de RH é, portanto, responsável por adquirir, desenvolver, utilizar e reter talentos para a instituição. Essas funções podem ser realizadas por uma pessoa só ou um departamento especializado, dependendo do porte de demandas da empresa.

 

Objetivos da Gestão de Recursos Humanos

O principal e mais básico objetivo desse setor da gestão empresarial, através das tarefas citadas acima, é o de proporcionar um alinhamento entre as políticas do RH e a estratégia da empresa, que deverá ser posta em prática pelos funcionários. A gestão de recursos humanos age, portanto, como ponte entre a diretoria da organização e seus funcionários, trazendo para estes últimos, através de sua política administrativa, os valores da empresa, os objetivos a serem alcançados, além de como e quando isso deve acontecer.

No setor de recursos humanos, os cargos e salários dos profissionais variam de acordo com as funções. Eles podem trabalhar em muitos tipos de empresa, desempenhando diferentes cargos: consultor interno, especialista ou analista em diversas áreas como salários, treinamentos, responsabilidade social. Entre suas tarefas, estão recrutamento e seleção de pessoal, cargos e salários, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, benefícios, gestão de carreiras, entre muitas outras.

É muito importante possuir boa capacidade de lidar com as pessoas nessa área, trabalhando comportamentos individuais e em grupo por meio de práticas motivadoras. Além disso, a calma e firmeza na hora de mediar negociações e conflitos é essencial. O gestor em RH também deve ser qualificado para montar planejamento estratégico, programas de qualidade de vida no trabalho e avaliação do clima de trabalho, entre outros.

A preocupação genuína com os trabalhadores faz parte da versão mais moderna da gestão de pessoas, que busca valorizar seus talentos. As tendências para o futuro, com relação a este setor, se relacionam, portanto, com a ideia de que, quanto mais satisfeito estiver o profissional, mais produtivo e contributivo ele será para o crescimento da empresa em que trabalha, alcançando, consequentemente, seu sucesso pessoal.

 

O Mercado de trabalho de Gestão de Recursos Humanos

Trabalhar no RH já foi algo completamente operacional. Hoje, a função é estratégica. O profissional passa a ser parceiro das áreas de negócio, afinal,  é ele quem vai selecionar todas as pessoas que trabalharão na empresa e, por isso, precisa estar alinhado com os objetivos dela.

A Gestão de RH é uma área ampla, interessante e desafiadora. A era que vivemos de conexão total tem exigido que profissionais tradicionais, como o gestor de Recursos Humanos, tornem-se mais participativos e multidisciplinares dentro das organizações. Para ser bem-sucedido, é preciso focar na formação e, investir em cursos de qualificação, atualização e especialização na área de Gestão de RH que deseja atuar, é imprescindível. As empresas estão reconhecendo cada vez mais a importância de ter um profissional que conheça políticas de gestão de pessoas de forma a garantir as metas organizacionais.

Os profissionais de Gestão de Recursos Humanos são fundamentais para a formação de equipes de trabalho de alta performance. A complexidade da legislação trabalhista brasileira também faz com que as empresas sintam necessidade de um especialista. Já em relação aos cargos e áreas, atualmente, com mais oportunidades são:

  1. departamento pessoal;
  2. treinamento e desenvolvimento;
  3. recrutamento e seleção;
  4. remuneração e benefícios.
  5. gerente de Recursos Humanos;
  6. supervisor, analista ou técnico de recrutamento e seleção, de cargos e salários, de treinamento e desenvolvimento de pessoal
  7. assistente de departamento pessoal
  8. consultoria;

A prestação de consultoria é uma possibilidade de atuação bastante popular no universo do RH atualmente. Nesse caso, o profissional deve auxiliar as empresas no processo de contratação de talentos, realizando entrevistas, aplicando provas e testes psicológicos, promovendo dinâmicas de grupo e utilizando métricas para avaliar o desempenho profissional.

 

Salários

Os profissionais de RH não têm um piso salarial único em todo o Brasil. Também não estão organizados como uma categoria sindical. A carreira oferece salários que, de acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, podem ir de R$ 1 mil a R$ 28 mil, o cálculo é das médias salariais pagas aos empregados de quatro grandes setores da economia – Indústria, Comércio, Construção Civil e Serviços.

  • Diretor de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 19.000

Média: R$ 22.303

Máximo: R$ 28.000

  • Gerente de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 4.122

Média: R$ 7.591

Máximo: R$ 12.500

  • Coordenador de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 2.865

Média: R$ 4.521

Máximo: R$ 7.106

  • Consultor de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 1.000

Média: R$ 3.576

Máximo: R$ 8.000

  • Analista de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 1.690

Média: R$ 2.602

Máximo: R$ 4.101

  • Supervisor de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 1.600

Média: R$ 3.108

Máximo: R$ 5.700

  • Técnico em Recursos Humanos

Mínimo: R$ 1.764

Média: R$ 2.034

Máximo: R$ 3.500

  • Assistente de Recursos Humanos

Mínimo: R$ 1.098

Média: R$ 1.595

Máximo: R$ 2.339

 

Benefícios Gestão de Recursos Humanos

A gestão de Recursos Humanos é uma área estratégica dentro das organizações, que tem como missão fazer com a empresa e os colaboradores alcancem as meta propostas e mantenham uma relação trabalhista positiva. Esse setor vem ganhando espaço no ambiente empresarial nos últimos tempos, tornando-se vital para muitas organizações. Isso porque ele trabalha com foco nas pessoas, buscando ajudá-las a alcançar o melhor resultado. Veja agora algumas das vantagens de ter essa área na empresa:

  1. Contratações mais assertivas - Ao contar com a Gestão de Recursos Humanos as contratações se tornam mais assertivas por meio de processos seletivos eficientes.  A gestão de pessoas garante que o processo seletivo seja mais eficiente, desde a divulgação da vaga nos locais corretos até a entrevista mais produtiva, identificando pontos que estejam alinhados à cultura organizacional.
  2. Aumento da motivação e da produtividade - Quando o colaborador percebe que a companhia se preocupa com ele e que o trabalho dele impacta positivamente o resultado, a motivação melhora e, por consequência, a produtividade. Colaboradores mais motivados podem aumentar o seu rendimento em até 50%. 
  3. Melhora do clima organizacional - A aplicação de boas práticas pelos gestores de RH mostra o valor de cada profissional e como suas atividades interferem nos resultados como um todo, isso promove a redução de conflitos entre funcionários e gestores, e impacta na motivação e na qualidade de vida de todos.
  4. Retenção de talentos - Um boa gestão de RH, ao implantar treinamentos, capacitações, planos de carreira e benefícios, faz com que a empresa seja vista com bons olhos por profissionais de talento, os quais terão interesse em atuar ou permanecer na empresa.
  5. Alinhamento de objetivos empresariais -  Ao investir em ações de comunicação, eventos internos, reuniões, feedback, integração de novos funcionários, entre outros métodos, a empresa poderá obter melhorar o engajamento do time. Os trabalhadores precisam saber o que se espera deles. A partir desse alinhamento, as metas organizacionais e individuais trilham o mesmo caminho, impulsionando as pessoas ao alcance de tais propósitos.

 

Curso de Gestão de Recursos Humanos

Com o avanço da área perante o mercado, muitas são as opções para quem quer se formar nesta área, se especializar ou se aprofundar de acordo com a foco de atuação. Os cursos na Gestão de RH, vão desde graduação tradicional à MBA, pós – graduação e formação de tecnólogos. Hoje o mercado disponibiliza diversas formas de formação, seja acadêmica ou técnica.

Cabe ao profissional escolher o que melhor se encaixa nas suas expectativas de tempo, dinheiro e vontade de crescimento. Quem escolhe, por exemplo, fazer uma faculdade em Gestão de Recursos Humanos, vai estudar muito e se aprofundar em diversas áreas, como:

  1. Recrutamento e Seleção;
  2. Treinamento e Desenvolvimento;
  3. Gestão de Folha de Pagamento;
  4. Gestão de Benefícios;
  5. Comunicação Empresarial (Comunicação Interna ou Endomarketing);
  6. Administração de Cargos, Salários e Benefícios;
  7. Comportamento Organizacional;
  8. Noções de Direito;
  9. Direito do Trabalho;
  10. Direito Empresarial;
  11. Educação Corporativa;
  12. Empreendedorismo;
  13. Ética e Relações Humanas no Trabalho;
  14. Gestão de Desempenho;
  15. Gestão de Pessoas;
  16. Gestão do Conhecimento;
  17. Matemática Financeira;
  18. Processos Gerenciais;
  19. Relações Sindicais e Negociações Trabalhistas;
  20. Responsabilidade e Social e Meio Ambiente;
  21. Saúde e Segurança do Trabalho;
  22. Técnicas de Administração de Pessoal;
  23. Técnicas de Negociação;
  24. Gestão do Conhecimento;
  25. Registro de Pessoal.

Se você é iniciante nessa área, acesse esse artigo e saiba mais sobre o conceito de RH! E para aprimorar mais seus habilidades técnicas sobre planilhas para gestão de RH, clique aqui e saiba mais! 

Conteúdo desenvolvido pelo Administradores.com exclusivo para o meuSucesso.com

Experimente por 7 dias grátis

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários