Gestão

First Class: 5 coisas que você precisa saber para gerir melhor seu tempo

27/03/2015 • por meuSucesso .com

Esse assunto foi tema da FirstClass desta semana no meuSucesso.com

Quem nunca quis um dia com mais de 24 horas é um ser humano raro hoje em dia. A falta de tempo está sempre nas primeiras posições das listas de reclamações de profissionais das mais variadas áreas. O problema por trás disso, no entanto, quase sempre não é a falta de tempo, mas a má gestão dele. 

Esse assunto foi tema da FirstClass desta semana no meuSucesso.com, ministrada por Carlla Zanna, coach de executivos e especialista em gestão do tempo. Na aula, ela apresentou uma série que questões com o objetivo de responder a uma pergunta chave: "Como fazer a gestão do tempo".

Com base na apresentação da especialista, elencamos aqui alguns fatores que, segundo ela, são fundamentais para que você consiga gerir melhor seus horários e produzir mais e melhor.

Assuma o controle sobre seu tempo

Carlla Zanna afirma que muita gente se deixa consumir pelos prazos porque perde o controle sobre o próprio tempo. Isso acontece, segundo ela, quando você assume compromissos demais, sem planejamento, e assim não consegue mais definir o que e quando fazer alguma coisa que não esteja relacionada às responsabilidades assumidas.

Só comece o que poderá acabar

Começar várias coisas ao mesmo tempo é um dos principais motivos de esgotamento físico e mental de profissionais, segundo Carlla Zanna. Esgotado, vai ser difícil terminar o que começou. Assim, vai se formando uma bola de neve sem fim.

Saiba que nem todos os dias do ano foram feitos para o trabalho

Ocupar todos os dias da sua vida com trabalho - incluindo finais de semana e feriados - não quer dizer que você está produzindo muito, quer dizer que você está produzindo mal. Carlla Zanna destaca que é preciso que os profissionais entendam, por exemplo, que parar para ouvir um filho e se divertir com ele também é algo produtivo. "A gente tem que prestar atenção nessas coisas, porque quando a gente está com o coração tranquilo, fica muito melhor para fazer as coisas", afirma a especialista.

Tenha um objetivo e aprenda antes de fazer

Ao assumir um compromisso, destaca Carlla Zanna, pelo menos dois fatores precisam ser levados em conta: você ter motivos para fazer e conhecimento/habilidade para executar. Isso não quer dizer que você não possa fazer algo em uma área que não domina muito, como empreender ou trabalhar em um novo setor, no qual não tem experiência. Mas, antes de colocar a mão na massa, tem que aprender como faz. Caso contrário, vai ficar lutando consigo mesmo para fazer algo que talvez não consiga.

A procrastinação pode levar à ansiedade

Ninguém procrastina simplesmente porque quer, ressalta Carlla. Existem fatores que levam à procrastinação, como os citados no tópico anterior. Por isso, para evitar viver protelando suas obrigações, comece evitando o que leva a ela. Esse tipo de situação cria uma espécie de efeito dominó, que pode culminar em uma paralisia total. Ao procrastinar, você acumula trabalho. "Com muitas coisas para fazer, fica ansioso. E a ansiedade leva ao medo, que paralisa", afirma Carlla Zanna.

Veja a íntegra da aula: https://meusucesso.com/conhecimento/cursar/first-class-15/?aula=100

Comentários