Empreendedorismo

INSIGHT LITE: empreendedorismo social do Gerando Falcões

5/06/2015 • por meuSucesso .com

Com o projeto, empreendedor já impactou mais de 300 mil jovens

Ele nasceu em Guarulhos e cresceu na periferia de Poá, município do extremo leste da Grande São Paulo. O pai se envolveu com o crime, acabou indo para a cadeia e o deixou cedo, sozinho com a mãe, num barraco de chão de terra batida. Para Edu Lyra, desde o dia em que nasceu, viver foi como subir uma escada rolante que se movimentava no sentido contrário. Não dava para parar ou mesmo diminuir o passo, até conseguir chegar ao topo e saltar em solo firme. 

Quando superou o primeiro lance de degraus, Edu descobriu que havia ainda vários andares para subir e muitas outras escadas rolantes ao contrário para superar. Mas aí ele já sabia que era possível, e a caminhada, mesmo com todos os obstáculos que nunca deixarão de existir, ficou mais fácil. Foi então que ele resolveu que levaria outros jovens consigo. 

Metáforas à parte, essa é a história de um dos jovens mais admirados no Brasil atualmente. O menino pobre que superou a miséria, venceu na vida e agora ajuda outros jovens como ele a superar as dificuldades e vencer também. Empreendedor social, Edu Lyra, como ele mesmo diz, se impôs o desafio de derrubar muros e construir pontes. E conseguiu.

Em conversa com Sandro Magaldi, CEO do meuSucesso.com, Edu contou um pouco de sua história e falou como conseguiu todas as suas conquistas por meio do empreendedorismo. Hoje ele comanda um negócio social, o Gerando Falcões,  que impacta mais de 300 mil jovens pobres e tem a meta de chegar a 400 mil até o final deste ano.

Como explica o próprio Edu, o Gerando Falcões é “um projeto que existe há três anos para empoderar o jovem, resgatar a autoestima e, principalmente, para dizer que ele pode, que é possível, independente de se ele é branco, negro, pobre, rico, se nasceu numa favela”.

E como isso é feito? “A gente cria ferramentas que viciem esse jovem. A gente diz para ele: em vez de você ficar louco com cocaína ou crack, vem ficar louco com cinema, vem ficar muito louco de literatura, com as músicas”, conta Edu.

Construindo o projeto

Para viabilizar o Gerando Falcões, Edu conta que foi preciso quebrar as barreiras entre a favela e o asfalto, despir-se de preconceitos internos e mostrar para quem está em ambos os ambientes que manter muros entre um e outro não é bom para ninguém. Foi assim que conheceu muita gente disposta a investir na iniciativa.

Empreendedorismo

Tanto para seu crescimento pessoal, quanto para a iniciativa social que toca, Edu Lyra precisou assumir uma postura empreendedora diante do mundo. Quando entrou na faculdade de Jornalismo - que pagou trabalhando em três lugares diferentes - ouviu de um professor, no primeiro dia de aula, que não poderia ser jornalista, porque escrevia muito mal. Incentivado pela mãe, sua grande heroína, não desistiu. Em alguns anos, lançou um livro e acabou se tornando referência para a universidade em que estudou.

Empolgado e ciente de que era capaz, foi à luta para lançar um segundo livro. Percorreu o Brasil colhendo histórias de jovens pobres que venceram na vida, editou o livro e distribuiu de maneira independente, vendendo de porta em porta. 

Nesse processo, aprendeu o poder de contar uma história verdadeira e deu lições de storytelling para muitos empreendedores antes mesmo de ouvir falar no termo. Edu conta também que o fator empatia foi fundamental para o sucesso de suas iniciativas.

Veja a íntegra da conversa entre Sandro Magaldi e Edu Lyra: https://meusucesso.com/conhecimento/cursar/insight-lite-19/?aula=140

Comentários