Inovação e Tecnologia

Amazon quer criar armazéns voadores e usar drones para entregas rápidas

20/01/2017 • por meuSucesso .com

Invenção deve demorar um pouco para ser lançada e dificilmente vai se espalhar pelo mundo

A Amazon deu mais um passo em um terreno inexplorado – e, potencialmente, valioso. A companhia depositou um pedido de patente para o desenvolvimento de armazéns flutuantes, como zepelins gigantes, de onde partiriam as entregas – feitas por drones, em poucos minutos. O pedido foi depositado em abril, mas a informação só circulou no final de dezembro.

Essa é uma invenção que deve demorar um pouco para ser lançada e dificilmente vai se espalhar pelo mundo. Não apenas pela complexidade, mas por utilizar o espaço aéreo, que é regulado de diferentes maneiras pelas nações e, em geral, é assunto militar.

A varejista norte-americana prevê o lançamento de "centros de abastecimento aéreos" (AFC, na sigla em inglês), que flutuariam a uma altitude de 45 mil pés. O volume de produtos que os AFCs seriam capazes de suportar não foi divulgado.

Assim que o consumidor fecha o pedido no site, um drone – ou veículos aéreos não-tripulados (UAVs) – seria automaticamente enviado para entregar o pacote no endereço informado. A quantidade de energia utilizada seria mínima, já que o drone planaria durante a maior parte do trajeto.

Há outras aplicações para além do que está acostumado o varejo online tradicional. Por exemplo, um cliente poderia fazer um pedido durante uma partida de futebol – comidas, bebidas ou roupas do time, por exemplo – e o produto seria enviado ao local onde o cliente está em questão de minutos. Essa localização seria possível pelo próprio aparelho.

Os drones também seriam capazes de se comunicarem por meio de uma rede para trocar informações, como situação climática e melhores rotas. A aeronave, por sua vez, ficaria permanentemente no ar e poderia ser reabastecida através de uma aeronave menor. Além disso, o armazém poderia ter outros usos, como carregar painéis publicitários.

No início de dezembro, a companhia fez a primeira entrega com drones no Reino Unido. A ideia é expandir o sistema de entregas em outros países.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

Experimente por 7 dias grátis

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários