Gestão

Como encontrar o sócio ideal para seu negócio

8/03/2018 • por meuSucesso .com

Apontada como uma das competências fundamentais para os profissionais que desejam ter sucesso, a inteligência emocional está na base de qualquer relacionamento

Conquistar sócios dispostos a permanecerem firmes durante os altos e baixos da empresa não é tarefa fácil. O candidato precisa atender a uma série de critérios para que a sociedade não termine em desastre.

Há sócios para todas as necessidades de uma empresa em fase inicial: o investidor, que tem grana para colocar a empresa para funcionar até que ela consiga gerar caixa; o co-founder, parceiro de todas as horas; e o talento profissional, que tem competências específicas para alavancar o negócio.

Você não vai achar essas opções em um menu. Relacionamentos pessoais, amizades, contatos profissionais feitos em eventos e feiras e indicações são algumas das possibilidades para a construção de sociedades lucrativas.

Existem algumas características que você deve buscar em futuros sócios para sua empresa. Conheça algumas:

1. Confiança absoluta

Alexandre Ostrowiecki, dono da bilionária Multilaser, sentou na cadeira de presidente da companhia após o falecimento do seu pai, fundador do negócio.

Tocar um negócio que já tinha um faturamento milionário com recarga de cartuchos era uma tarefa impossível de se fazer sozinho. Para somar forças, ele convidou o amigo de infância, Renato Feder. A parceria dura até hoje.

Um dos pilares da sociedade é a confiança que um sócio tem no outro. Não há espaço vazio nem rachaduras na liderança que deem a impressão de que algo está errado na empresa.

Os gerentes da Multilaser reportam tanto para Alexandre quanto para Renato. Nenhum projeto estratégico é tocado individualmente, sem que o outro tenha conhecimento. Essa confiança mútua é fundamental para uma sociedade bem sucedida — consequentemente, para uma empresa sólida.

Experimente por 7 dias grátis

2. Alinhamento de interesses e valores

Se você busca um sócio apenas para ter um investidor ou um profissional talentoso ao lado, corre sério risco de fechar as portas da sua empresa. Para garantir a confiança, é necessário que os sócios tenham os mesmos valores e interesses alinhados.

O que isso significa? Tomando como exemplo o típico sócio-investidor, ele aplicará o dinheiro na sua empresa esperando que a produtividade multiplique o investimento. Você está preparado para dar o retorno que ele espera no prazo desejado? E se isso não acontecer?

Para você, um negócio pode significar um projeto de uma vida, ter um valor afetivo, por exemplo. Se o seu sócio enxerga a empresa apenas como uma assinatura num papel timbrado do cartório, em algum momento dessa sociedade haverá conflitos irreconciliáveis.

3. Competência profissional

Todo sócio precisa desempenhar um papel dentro da empresa, entregar resultados e contribuir para o crescimento — afinal, ele também deve ter interesse na construção e desenvolvimento do negócio.

Se o sócio que você está prospectando pensa apenas em se acomodar enquanto você faz todo o trabalho duro, cuidado. É importante que as obrigações de cada parte estejam previstas em contrato para evitar problemas futuros.

4. Inteligência emocional

Apontada como uma das competências fundamentais para os profissionais que desejam ter sucesso, a inteligência emocional está na base de qualquer relacionamento. Principalmente quando envolve negócios.

A habilidade de reconhecer as dores e problemas do outro, saber se dirigir durante uma conversa e controlar as próprias emoções são alguns aspectos da inteligência emocional.

Se você consegue notar essas características em você e no seu sócio, parabéns. Vocês têm um futuro lucrativo pela frente. Se não, trate de desenvolvê-las.

No meuSucesso, você pode conferir outras histórias que também abordam  esse tema e a relação com o sócio, como nos Estudos de Caso da Wise Up, Jovem Nerd e Wine.

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários