Na imagem, Alexandre Ostrowiecki, CEO da Multilaser, é entrevistado pelo meuSucesso
Empreendedorismo

Alexandre Ostowiecki, da Multilaser: 3 fatores para escolher o sócio ideal

5/04/2018 • por meuSucesso .com

Durante a produção do Estudo de Caso, o CEO da Multilaser, revelou os 3 pontos essenciais que o fizeram escolher Renato Feder como sócio do negócio

Um dos ensinamentos mais valiosos que aprendemos no meuSucesso, após estudar diversas histórias e trajetórias de empreendedores de sucesso é exatamente a importância de se ter um sócio que complemente as suas capacidades e acrescente ao seu negócio. Na história de Alexandre Ostrowiecki, fundador da Multilaser, estudamos a sinergia e o trabalho em equipe que ele e seu sócio, Renato Feder, construíram ao longo dos anos para fazer da empresa uma das maiores fabricantes de eletrônicos do Brasil, que hoje fatura R$ 2 bilhões por ano.

Após o desaparecimento do pai de Alexandre, em um mergulho na Costa Rica, ele se viu obrigado a assumir o negócio. Em um ato simbólico, que demonstrava a mudança de liderança, Alexandre jogou fora a mesa de seu pai, colocou a sua no lugar e convidou seu amigo de infância Renato a se tornar seu sócio. Os dois seriam responsáveis por mudar a trajetória do negócio, reinventar e inovar muitas das atividades e propostas da empresa. Era o momento de diversificar o portfólio de produtos da companhia.

De uma empresa que, inicialmente, era especializada em recarga de cartuchos, a Multilaser expandiu sua oferta de produtos. Alexandre e Renato foram os principais responsáveis por essa mudança e aumentaram o portfólio para mais de três mil itens. Hoje, eles possuem diversas linhas e comercializam desde produtos de informática a celulares e tablets.

Os 3 fatores essenciais para escolher um sócio

De acordo com Alexandre, há quatro fatores essenciais para uma sociedade dar certo e é preciso ter atenção na hora de escolher seu sócio, afinal será ele quem irá dividir as derrotas, dores, conquistas e desafios de toda a empresa em conjunto com você. Afinal, sócio não é só para os momentos bons e, sim, para os ruins.

Experimente por 7 dias grátis

Confiança total

Pode parecer óbvio, mas muitos empreendedores preferem seguir com uma sociedade sem confiar 100% na outra parte e isso pode gerar um problema grave para a empresa. Alexandre conta que conhece Renato desde a infância, sempre compartilhando diversos momentos com ele, conhecendo a fundo toda a família e trajetória dele.

Esses fatores já ajudaram a estabelecer uma relação de profunda intimidade. Quando Alexandre convidou Renato para ser sócio do negócio foi preciso conversar e fazer uma proposta à família dele oferecendo parte da Multilaser para concretizar a sociedade.

“Para mim nunca foi uma questão muito grande, o tema do controle, mas eu acho que o empreendedor tem que pensar um pouco se ele está disposto a abrir mão de controle, do completo domínio sobre as decisões ou não. A primeira coisa que a gente tinha, era muita confiança. Nós éramos amigos de infância e sempre se conversava sobre todos os assuntos. Então, eu confiava muito nele e vice-versa, sem isso acho que esquece”, comenta Alexandre

Alinhamento de objetivo                                                                 

Para Alexandre, é necessário e importante que os dois sócios estejam alinhados quanto aos objetivos do negócio, dos interesses, para que não ocorra nenhuma desilusão. É preciso sentar e conversar, fazer reuniões e entender bem o que cada um está pretendendo com a empresa e o rumo do negócio.

Quando olhamos para a história da Multilaser vemos como a postura dos dois empreendedores, em diversificar o portfólio de produtos, foi importante para o crescimento da empresa.

“Segundo ponto, os objetivos devem ser os mais parecidos possíveis. Nenhuma cabeça é igual, lógico. Mas se não tivermos uma direção única para onde queremos levar a empresa, aí as diferenças entre sócios podem levar a uma guerra, destruir o negócio. No nosso caso, a gente tinha objetivos comuns”, afirma Alexandre.

Carga de trabalho relativamente igual

Alexandre acredita que é fundamental que os sócios tenham uma carga de horas trabalhadas relativamente semelhante para que não seja muito distinta a diferença de esforço e atenção ao negócio entre os empreendedores. É essencial que isso esteja alinhado e que funcione de maneira natural, sem cobrança, mas por interesse e vontade das partes. “Muito ruim se um sócio trabalha 14 horas por dia que nem um louco e o outro está pegando mais leve. Começa a criar rancor e desequilíbrio. Nós estávamos alinhados em confiança, esforço e objetivo em comum. Deu certo, inclusive fizemos um negócio que praticamente em nenhum lugar do mundo funciona, que é você ter copresidência. Dois presidentes numa empresa em que ambos decidem as coisas juntos”, confidencia o empreendedor.

Aprenda mais sobre sociedade

O Estudo de Caso de Alexandre Ostrowiecki não é o único em que destrinchamos e abordamos o tema sociedade e a relação com sócios. No case do Rogério Salume, fundador da Wine, maior e-commerce de vinhos do Brasil, aprendemos o quanto complementaridade de competências entre sócios é importante e essencial para toda empresa . Quando Rogério iniciou o projeto, já começou ao lado do sócio Anselmo Endlich, que foi parceiro na construção da história e legado da Wine complementado os conhecimentos de Rogério.

Algo que fica bem claro na trajetória do e-commerce e na sociedade entre os dois empreendedores é que cada um possuía expertises bem claras e em áreas bem distintas. Isso foi essencial para a companhia porque cada líder cuidava das particularidades de determinadas áreas. Enquanto Rogério era mais focado na área comercial, de parcerias e de relacionamento; Anselmo era mais voltado à área de tecnologia e implementação de inovações.

Quer saber mais sobre a história do CEO da Multilaser

Sempre preparamos diversos conteúdos sobre os empreendedores estudados no meuSucesso, veja abaixo algumas das nossas matérias sobre a trajetória de Alexandre Ostrowiecki, CEO da Multilaser:

Conheça a história de Alexandre Ostrowiecki, novo Estudo de Caso do meuSucesso.com

De executivo a empreendedor: curiosidades da história do CEO da Multilaser, Alexandre Ostrowiecki

Alexandre Ostrowiecki revela como assumiu a Multilaser após o desaparecimento do pai

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários