Na imagem, Janete Vaz (laboratório Sabin); Sandra Costa (Laboratório Sabin), Carla Sarni (Sorridents); Sofia Esteves (Cia de Talentos)
Empreendedorismo

Empreendedorismo feminino: 4 histórias de sucesso para você se inspirar

6/07/2018 • por meuSucesso .com

Aprenda com histórias de mulheres que se tornaram referência na área onde atuam

O número de mulheres empreendendo no Brasil não para de crescer. A quantidade de mulheres à frente dos negócios ainda é pequeno em relação aos homens, mas o crescimento acelerado já mostra um grande avanço: a quantidade de empreendedoras aumentou 21% nos últimos 10 anos.

Abaixo você confere 5 histórias de sucesso de empreendedoras que com certeza vão te motivar na construção do seu negócio próprio:

Sandra e da Janete Vaz (Laboratório Sabin)

As bioquímicas Janete Vaz e Sandra Costa são dois dos grandes nomes do empreendedorismo brasileiro. As empresárias trabalharam juntas por anos e decidiram montar um negócio próprio. O problema é que a época era diferente e as mulheres tinha pouca ou quase nenhuma força no mercado de laboratórios, completamente dominado por homens, médicos e com forte influência no setor.

Mesmo esse obstáculo não foi capaz de parar a força de vontade de Sandra e Janete.

Com muito investimento em controle de qualidade, pesquisa clínica, tecnologia e inovação, as duas conseguiram se destacar no mercado. Elas foram umas das pioneiras a oferecer resultados online e sempre se informavam sobre os feedbacks dos clientes pessoalmente. De início eram apenas 3 funcionários. Hoje são mais de 2000, com atuação em seis estados e no Distrito Federal, através de 130 unidades e cerca de nove mil atendimentos por dia.

Recentemente a empresa foi eleita um dos melhores lugares para se trabalhar no país, de acordo com a revista Você S/A.

Experimente por 7 dias grátis

Luiza Helena Trajano (Magazine Luiza)

A trajetória de sucesso de Luiza Helena Trajano é uma das mais conhecidas do mercado nacional. A empresária nasceu e foi criada no na cidade de Franca, interior de São Paulo.

Luiza começou a trabalhar na pequena loja dos tios aos 12 anos de idade. Anos depois, a loja passaria a ser o que hoje é a rede Magazine Luiza, com cerca de 800 lojas e mais de 23 mil funcionários.

Luiza está à frente da Magazine Luiza há mais de 20 anos. Hoje, a empresa opera em 16 estados e, para isso, realizou a compra de diversas outras redes concorrentes. A loja foi pioneira em vendas pela internet no Brasil e hoje é um dos principais meios de compras na internet, com um relacionamento próximo dos clientes e bastante atuante nas redes sociais e campanhas televisivas.

Sofia Esteves (DMRH)

A empresária Sofia Esteves é conhecida, entre outras coisas, pelo seu perfil de liderança e pelo sucesso da DMRH, uma das principais consultorias de RH do país. A empresa, que também engloba a Cia de Talentos, conta hoje com cerca de 200 funcionários e atua em mais de 40 países, com clientes como a multinacional Unilever, por exemplo.

No entanto, nem tudo foram flores na carreira profissional de Steves. A hoje empresária bem sucedida trabalhou inicialmente com limpeza de banheiros. De lá, foi recepcionista de consultório e vendedora de móveis em uma loja.

Formou-se em psicologia e passou a trabalhar em uma consultoria de RH, onde cresceu e adquiriu experiência prática no setor. Porém, diante de uma questão ética, pediu demissão e pouco a pouco passou a investir no que hoje é a DMRH.

Atualmente a empresa fatura mais de R$ 30 milhões por ano, uma bela evolução para quem ganhava menos de um salário mínimo em seu primeiro trabalho. Confira mais detalhes da história de vida de Sofia aqui no meuSucesso.

Cristina Junqueira (Nubank)

Cristina Junqueira é a única brasileira entre os três sócios e criadores do Nubank, o famoso cartão de crédito roxo, sem taxas e com utilização facilitada através de um aplicativo mobile.

Em 2013, grávida da primeira filha, a empresária entrou em trabalho de parto no meio de uma reunião e voltou ao trabalho em apenas uma semana. O sacrifício foi grande, mas necessário. Na época, ela estava no meio do processo de criação do Nubank junto aos outros dois sócios.  Hoje, o Nubank é reconhecido nacionalmente como uma das fintechs mais revolucionárias do país. Em três anos recebeu quase US$ 100 milhões em aportes, grande parte deles vindos do Sequoia Capital, um dos maiores fundos investidores do mundo.

Além da gravidez, Junqueira também enfrentou o desafio de morar em uma república durante sua graduação. De lá, trabalhou nos EUA, voltou para o Brasil e revolucionou o setor de seguros no Unibanco, passando a ser líder de uma equipe de 20 pessoas, onde ela era a mais jovem de todo o grupo. No início do Nubank, o atendimento aos clientes era diretamente feito por Cristina com seu telefone celular pessoal.  O esforço rendeu excelentes resultados. Atualmente já são mais de 360 pessoas na equipe e uma fila quase que interminável de pedidos de cartão de crédito. A empresa não revela a quantidade de clientes que tem, mas informa que já recebeu mais de 2 milhões de solicitações do 'roxinho'.

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários