Liderança e motivação: como treinar a sua equipe para a alta performance

25/10/2018 • por meuSucesso .com

Algumas ferramentas como o PDCA (Plan Do Check Adjust) podem ajudar neste processo de liderança e motivação. Trata-se de um meio que visa a melhoria contínua.

Liderança e motivação: como treinar a sua equipe para a alta performance

Gerenciar equipes de alta performance é trabalho para quem está disposto a desafios. Para obter sucesso aqui se faz necessário canalizar o potencial e a energia da equipe e utilizar ferramentas claras e objetivas voltadas para atingir resultados, superar objetivos e ultrapassar metas.Isso requer que as lideranças estejam totalmente envolvidas com sua empresa e com os membros da equipe.

Algumas ferramentas como O PDCA (Plan Do Check Adjust), por exemplo, podem ajudar neste processo. Trata-se de um método de gestão de quatro passos que pode ser utilizado para o controle e melhoria contínua de processos e produtos.

O PDCA é dividido entre PLAN (planejamento), que trata dos planos de desempenhos, plano de indicadores, planos de verificação dos resultados e plano de divulgação; DO (execução); Check (relatório), responsável pela verificação formal dos resultados, que promove uma comparação entre o que estava previsto e o que foi realmente obtido; e Action (ação), responsável por ações de desenvolvimento sob responsabilidade do gestor, ações de desenvolvimento assumidos pelo colaborador e pela elaboração e divulgação do novo Plano de Desempenho da empresa.

Um exemplo real de como promover a liderança e a motivação na equipe está no sucesso do Laboratório Sabin, que já foi protagonista de um Estudo de Caso do meuSucesso. A empresa fundada por Sandra Costa e Janete Vaz é referência quando o assunto é empreendedorismo feminino e em uma época em que o termo empreender era pouco conhecido.

Na época em que as duas começaram, os laboratórios eram dominados por pessoas de perfis parecidos: médicos, homens e professores de faculdades de saúde com forte influência no meio. Assim, uma das principais dificuldades enfrentadas pelas empresárias se deu pela falta de credibilidade no começo do negócio, uma vez que elas não cumpriam nenhum requisito para montar um laboratório de renome.

Hoje, porém, a empresa já tem mais de 4.400 colaboradores, 225 unidades de atendimento e fatura mais de R$ 800 milhões, além de ser considerada uma das melhores empresas do país para se trabalhar, segundo a revista Você S/A. Um dos grandes fatores que contribuíram para o crescimento da empresa foi justamente a forte liderança exercida por Janete e Sandra, além de táticas especializadas que possibilitaram que o Sabin se destacasse em um mercado tão padronizado: motivação da equipe, princípio de valores internos, capacitação e treinamento, além de muita observação de mercado e investimentos na equipe. Afinal, pessoas motivadas são mais comprometidas com o sucesso da organização e, assim, entregam melhores resultados.

Confira aqui a história completa de Sandra e Janete, com links para o estudo de caso produzido especialmente pelo meuSucesso.com.

Comentários