Na imagem está ilustrado papéis que simulam análises de qualidade realizadas.

Quais ferramentas para melhorar a gestão de qualidade da minha empresa?

9/10/2018 • por meuSucesso .com

Confira diversas ferramentas que ajudam você a ter uma gestão de qualidade mais eficiente dentro da sua empresa

Desenvolver e manter um padrão de excelência nas empresas é um desafio constante para os gestores. No entanto, diversas ferramentas ajudam nesse processo e podem garantir uma melhora significativa na produtividade e resultados da sua empresa.

Abaixo listamos algumas ferramentas ideais para melhorar a gestão de qualidade do seu negócio:

1) Diagrama de Ishikawa

Também conhecido como "diagrama de causa e efeito", o diagrama de Ishikawa identifica fatores que podem estar ocasionando um problema (sua causa) e qual o seu resultado (efeito), daí o nome causa e efeito.

Nessa metodologia, os problemas são divididos entre: método, matéria-prima, mão de obra, máquina, medida e meio ambiente. Assim é possível fazer um levantamento detalhado e segmentado, identificando assim as causas da melhor maneira possível.

Experimente por 7 dias grátis

2)  PDCA

O PDCA visa ajudar na elaboração e execução de um projeto. Para isso, ele tem por base quatro pilares: Planejar (definir o que será feito e suas metas); Executar (colocar o planejamento em ação); Verificar (analisar os dados e resultados obtidos); e Agir (avaliar os resultados, identificando pontos de melhorias e ações corretivas). Trata-se, portanto, de uma ferramenta cíclica que sempre está buscando o aprimoramento do processo.

3)  Análise SWOT

As ferramentas de análise SWOT são utilizadas para melhorar os diferenciais competitivos da corporação diante do mercado, permitindo assim o reparo de falhas graves no sistema.

Para isso, ela identifica os pontos fortes e fracos da empresa através de 4 conceitos:

Forças (pontos vantajosos em relação à concorrência); Fraquezas (pontos frágeis ou falhas que podem prejudicar o seu desempenho); Oportunidades (aspectos internos e externos que podem promover melhorias); e por fim Ameaças (tendências do mercado que podem gerar riscos para o negócio).

4) Seis Sigma ou Six Sigma

Trata-se de um método com foco nos resultados de qualidade e financeiros, que visa gerar uma melhoria contínua dos processos, produtos e serviços oferecidos, garantindo assim a satisfação dos consumidores ao final do processo. Entre os principais benefícios do

Six Sigma está uma maior redução dos custos organizacionais; a possibilidade de prospecção e fidelização de clientes; a eliminação de atividades que não agreguem valor à empresa; um maior envolvimento entre equipes, gerando assim um aumento significativo da produtividade e qualidade de produtos e serviços; além da diminuição da variação dos processos.

5) Diagrama de Pareto

O Diagrama de Pareto é utilizado para facilitar a visualização e comparação de uma série de grupos de dados nas empresas.

Trata-se de um gráfico composto de barras ordenadas, repleto de dados coletados, responsáveis por permitir a localização dos principais problemas da empresa e assim gerar

soluções mais adequadas, permitindo avanços através da reunião e estudo de dados.

Ele está baseado no princípio de pareto, que afirma que 80% dos problemas são ocasionados por 20% das causas. Ou seja, são poucas causas que originam a maioria dos problemas. Ao final, o gráfico mostra a ordem de prioridades que um gestor deve utilizar para resolver as causas.

Agora que você entendeu comofazer a gestão de qualidade do sua empresa, não esqueça de entender melhor sobre como fazer o gerenciamento dos processos.

Aprenda sobre vendas no meuSucesso.com. Experimente por 7 dias grátis.

Comentários