Empreendedorismo

Vale do Silício: como surgiu esse sonho? Qual foi o papel da Universidade de Stanford nisso tudo?

19/05/2016 • por meuSucesso .com

A série “Disrupt, Inside Silicon Valley” mergulha no tema e nós separamos alguns pontos de destaque

Casa das maiores e mais inovadoras empresas do mundo, o Vale do Silício se converteu em uma verdadeira Meca do empreendedorismo. Sonho de startupeiros e profissionais de tecnologia, a região é um ecossistema fantástico de criatividade e inovação. Cotidianamente nos holofotes, alimenta ainda mais essa sua aura sagrada. Mas você sabe como tudo começou? As origens do que conhecemos hoje são parte de um capítulo ainda pouco explorado dessa história. A série “Disrupt, Inside Silicon Valley”, que acaba de estrear no meuSucesso.com, mergulha nesse tema e nós separamos aqui alguns pontos de destaque.

O papel da Stanford University

Após o fim da Segunda Guerra Mundial, muitos jovens norte-americanos voltaram para casa e queriam retomar a normalidade de suas vidas. Entre os anseios, obviamente, estava estudar, cursar uma faculdade, conseguir um diploma e batalhar por espaço no mercado. Mas o que começou como uma corrida por emprego acabou se tornando um potente combustível para o empreendedorismo. 

Para abrigar e oferecer trabalho a todos os estudantes que se interessaram por seus cursos, a Stanford University resolveu arrendar terrenos para empresas de tecnologia em seu entorno. Lá, os estudantes poderiam trabalhar para bancar as despesas com os estudos. Nascia ali o Stanford Research Park, de onde saiu, por exemplo, a HP, e que abrigou também plantas da Kodak e da GE.

E por falar em guerra...

A consolidação do Vale do Silício como grande centro industrial e de inovação se deu nos anos 1990. Mas sua história começa bem antes. Ainda nos anos 1950, após o fim da Segunda Guerra Mundial e início da Guerra Fria, a corrida armamentistas e aeroespacial demandou grandes investimentos em pesquisas científicas nessas áreas. Com o passar dos anos, as tecnologias desenvolvidas inicialmente para fins militares foram dando origens a novos produtos de uso civil e aí a revolução estava iniciada. 

Frederick Terman

Se for preciso atribuir o nascimento do Vale do Silício como ecossistema empreendedor a um nome, somente um pode ter esse privilégio: Frederick Terman. Engenheiro por formação, foi como reitor da Stanford que atuou para construir e expandir o parque que deu origem à região atual, que hoje se estende pelas cidades de São Francisco, Palo Alto, Santa Clara e São José. Com sua política de arrendamento e incentivo, ajudou a tirar do papel vários negócios de sucesso e sua história é até hoje uma grande referência para os empreendedores não só da região, mas de todo o mundo.

Conheça mais detalhes dessa história em “Disrupt, Inside Silicon Valley”.

Comentários

Leia também