Gestão

5 dicas para explorar ao máximo seus mentores - por Arthur Rufino

30/10/2015 • por Arthur Rufino

Arthur Rufino, diretor da JR Diesel, comenta sobre o trabalho que faz como mentor e dá dicas para fazer bom proveito da mentoria

Não importa o tamanho do seu negócio ou projeto, a mentoria é uma ferramenta espetacular para validar suas estratégias, corrigir a trajetória do negócio e desenvolver-se como empreendedor. Muitos empreendedores contam com mais de um mentor, ampliando a eficácia do processo, mas o caminho até encontrar o mentor ideal, e disponível para seu negócio, pode ser duro e muitas vezes frustrante se não forem levados em consideração 5 pontos.

  1. Seleção Busque por mentores que complementem suas qualidades, cobrindo assim os pontos onde você sente maior dificuldade. Se você é um exímio vendedor, pouco efeito terá um mentor especializado em vendas. Nesse momento é muito importante ativar a humildade para reconhecer todas as suas deficiências e buscar aquele mentor que vai desconstruir antigos conceitos e te colocar na linha com eficiência total.
  2. Inteligência emocional Se prepare para apanhar! O mentor tem seus compromissos e pouco tempo para compartilhar, por isso não tem tempo para te fazer perceber algo em doses homeopáticas. Busque mentores que sejam diretos e objetivos e esteja aberto para receber essas informações sem pré-julgamentos ou defesas. Quer carinho? Ligue para sua mãe.
  3. Filtre com humildade Ninguém está sempre certo e não há fórmula do sucesso. Seu mentor teve sucesso naquilo onde você não vai bem, mas isso não quer dizer que tudo o que ele fala é lei. Cada um tem uma visão de mundo e a grande mágica da mentoria é tirar proveito da experiência do mentor e adapta-la à sua realidade. Copie e melhore um pouquinho!
  4. Vá além Nem sempre a habilidade técnica de seu mentor é seu ponto-chave. Perceba os detalhes de comportamento do seu mentor. Quantas horas ele dorme por dia, como lida com seus filhos, como trata seus funcionários, qual seu volume de trabalho diário, como organiza sua vida? Muitas vezes o sucesso profissional de seu mentor estará mais relacionado ao seu estilo de vida e mindset do que à sua experiência em vendas ou tecnologia. Amplie sua visão para perceber os detalhes.
  5. Mostre a cenoura Gostou do mentor? Mantenha-o com você. Participação na sua empresa, remuneração, geração de novos negócios ou até troca de conhecimento. Entregue algo que motive seu mentor a estar com você pelo maior tempo possível. Sua empresa cresceu e ele fez a diferença? Coloque-o no seu conselho. Tenha sempre por perto mentes inovadoras que complementem suas qualidades e não tenham medo de puxar sua orelha na hora certa.

Hoje sou mentor de mais de 10 empresas entre startups e negócios já maduros, mas não são todos que realmente me fazem acordar na madrugada para fazer uma anotação ou que me estimulam a criar conexões com meus contatos ou buscar investidores. Tornei-me sócio de algumas e sigo apenas orientando outras. A paixão pelo propósito aliada a um bom lastro em números é o que normalmente me atrai, mas cada mentor vai buscar em você uma característica que lhe é relevante. Seja cara-de-pau e parta do princípio que o “não” você já tem, sua abordagem pode fazer toda a diferença para obter o “sim”. Existe mais disponibilidade em compartilhar conhecimento por aí do que você imagina.​

Comentários

Quem escreve

Arthur Rufino

Diretor de Marketing e Desenvolvimento em JR Diesel, Osasco, SP

Diretor de Marketing e Desenvolvimento da JR Diesel, uma das maiores empresas de reciclagem de caminhões do Brasil, que fatura mais de 50 milhões de reais por ano.