Fique Por Dentro

Está no ar o 3º capítulo do Estudo de Caso do Elói D’Avila

24/11/2014 • por meuSucesso .com

Fundador do grupo Flytour comenta quais foram os diferencias da empresa para chegar atendimento diferenciado

No episódio 3, Eloi D’Avila evidencia quais foram os diferenciais que levaram a Flytour, líder em emissões de bilhetes aéreos da América Latina, a ser uma das maiores agências de viagem do Brasil.

Para o empresário toda empresa deve ser transparente tanto para o funcionário quanto para o cliente. “O agente de viagem era visto apenas como um intermediador, criamos uma indústria que vai além disso. Não vendemos preço e, sim, serviço”, comenta Elói.

Outra característica importantíssima para ser um vendedor é conhecer a fundo o produto que se está vendendo. A Flytour se preocupa com isso e mantêm um treinamento intensivo para os funcionários e foi uma das precursoras a fazer esse tipo de atividade. De acordo com Elói, foi partir da profissionalização dos colaboradores que a qualidade do serviço aumentou e tornou-se referência entre as empresas do ramo de turismo.

“Um vendedor tem que passar, transpirar e vender confiança. Venda é entrega e não somente efetuar pedido. É preciso ter reputação e cumprir com o prometido. Hoje, custa muito mais perder um cliente do que ganhar outro”, afirma Elói. Segundo o executivo, não adianta ter um bom vendedor e entregar um serviço de má qualidade porque deixa de fidelizar o cliente. 

O episódio 3 do Estudo de Caso de Elói D’Avila também traz a aula “Como vender para empresas”, com o expert Mauricio Vergani, sócio fundador da V2V - de vendedor para vendedor, e diretor da Unidade de Negócios de clientes corporativos da OI. “Não podemos perder de vista que o vendedor é a nossa empresa de frente com o cliente. A escolha, capacitação e a gestão do vendedor são fundamentais para que a imagem da empresa seja da maneira como queremos”, comenta Vergani.

 

Comentários