Reginaldo Morikawa soube utilizar uma comunicação para nichos que rendeu um grande engajamento com poucos recursos investidos. Entenda como isso ocorreu.


Quantas vezes você, que empreende, já gastou verba e mais verba com ações de divulgação que simplesmente não resultaram em nada? Frustrante, não é mesmo? Pois, indo na contramão do que muitos marqueteiros fazem por aí, Reginaldo Morikawa conta como ele fez da Korin uma empresa considerada Top of Mind com pouquíssimos investimentos em mídia convencional e usando a comunicação para nichos. 

Comunicação não-violenta

Um dos aspectos do estilo de comunicação da Korin já confere uma particularidade: a comunicação não violenta (CNV). Como aplicar os princípios da CNV à marca? Partindo do objetivo desse tipo de abordagem – comunicar com autenticidade, empatia e fortalecer os bons relacionamentos -, na Korin observamos as seguintes aplicações: 

1. Observar o todo: sempre atenta ao ambiente, contexto e tendências, a Korin assume sua responsabilidade na sociedade através de seu trabalho;

2. Escuta ativa: a Korin preza por sempre ouvir seus clientes, buscando soluções para atender às necessidades do consumidor;

3. Não julgar o concorrente: em sua comunicação, a Korin não promove a disputa competitiva; sua principal estratégia é comunicar sua missão e agir de acordo com o propósito da marca. 

Comunicação para nichos

Super aplicável, não é mesmo? Para quem tem pequenos e médios negócios, economizar e ser assertivo na comunicação é sonho de todos. E a chave para isso, segundo Reginaldo Morikawa, é simples:  ter um negócio transparente, que comunica sua verdade e, assim, vende mais. 

Como você tem demonstrado seu propósito e os principais diferenciais da sua marca? Quando uma marca fala com verdade e propriedade, o consumidor percebe.

Reginaldo investiu em um recurso mais acessível do que as mídias convencionais (televisão, publicidade, anúncios em revistas e redes sociais): a assessoria de imprensa. Ou seja, ele apostou em criar pautas e mostrar que a Korin é, de fato, especialista no tema orgânicos e sustentabilidade.

Dessa forma, naturalmente, eles foram sendo convidados para palestras, entrevistas e reportagens, se legitimando com uma Top of Mind com zero gastos em publicidade. Isso conferiu uma grande vantagem à Morikawa, pois teve um amplo palco para difundir as ideias sobre sustentabilidade para um público que tinha total afinidade com sua proposta. Ou seja, 100% de assertividade.

Que tal você também pensar em alternativas para divulgar e engajar seu público? Para te auxiliar nesta caminhada, confira mais ideias que Reginaldo Morikawa tem a respeito de comunicação para nichos e aprenda a usar em públicos específicos aqui no meuSucesso. O Estudo de Caso “Futuro Presente” está disponível na plataforma com 7 dias grátis. Aproveite!