Empreendedorismo

O que é empreendedorismo sustentável

24/09/2014 • por meuSucesso .com

O conceito é relativamente novo e, por isso, ainda há muita discussão sobre qual seria a forma correta de utilizá-lo

Com o aumento da demanda por novas fontes de energia renováveis e o crescimento dos debates sobre sustentabilidade, novas questões acerca do assunto não param de surgir. Uma delas trata das novas ideias, produtos e negócios sustentáveis que as empresas podem adotar ao executar suas funções. Nesse âmbito, surge um novo nicho, tanto de estudos e análises quanto de negócios, o chamado empreendedorismo sustentável. 

Mas, o que é empreendedorismo sustentável? 

O conceito é relativamente novo e, por isso, ainda há muita discussão sobre qual seria a forma correta de utilizá-lo. Alguns especialistas da área de negócios consideram o termo errado, preferindo a utilização da expressão "empreendedorismo orientado à sustentabilidade". O conceito de empreendedorismo sustentável (ou empreendedorismo orientado à sustentabilidade, como preferir), é utilizado para definir negócios que combinam a geração de riquezas com o desenvolvimento responsável do meio social e ambiental. 

Simplificando, o termo é utilizado para definir empresas que realizam suas atividades baseadas em medidas que não prejudicam o planeta, ou seja, preocupando-se com os fatores ambientais e sociais acerca da necessidade de um determinado espaço. 

As ações que configuram uma empresa sustentável vão das mais simples possíveis (como a reutilização de folhas de papel no escritório; uso de documentos descartados como folhas de rascunho; utilização de equipamentos em modo econômico; desligamento de aparelhos que não estão sendo utilizados naquele momento) até atitudes mais complexas, como a criação de programas e projetos de causas ambientais que, além de protegerem o meio ambiente, costumam trazer benefícios fiscais para a empresa. Um exemplo são os projetos sociais, responsáveis por uma boa visibilidade e reputação para a empresa.

No entanto, de acordo com Leonard Schelesinger, presidente da Faculdade de Empreendedorismo Babson College e consultor da Agência de Desenvolvimento Internacional dos EUA e da Casa Branca, muito se investe na criação de empreendimentos que utilizam energias limpas, mas ainda é necessário um maior empenho, investimento e suporte por parte governamental em novas tecnologias, para que só assim os empreendedores se interessem e sejam capazes de investir em infraestrutura ao longo do tempo. 

Leonard revelou ainda um dos maiores problemas na inserção da sustentabilidade nas empresas: a iniciativa dos empreendedores. "A maior questão é fazer com que os novos empreendedores tenham o ímpeto de 'gastar' o tempo necessário para serem educados para as chances que estão surgindo no mercado", diz o especialista em entrevista ao site da revista Idéia Sustentável. 

Independente da percepção que se tenha sobre o conceito, vale a empresa definir quais as melhores soluções e formas de produção e caso se interesse adotar as boas práticas sustentáveis, garantindo assim um desenvolvimento mais limpo e um planeta mais saudável. 

Conteúdo Administradores.com, produzido com exclusividade para o meuSucesso.com.

Comentários