Empreendedorismo

Você tem planejamento estratégico pessoal? - por Adir Ribeiro

8/06/2016 • por Adir Ribeiro

Você já pensou em ter uma espécie de plano de vida, que reconheça sua essência e esteja alinhada com a sua missão pessoal?

Você já pensou em ter um PEP? Isso mesmo, um Planejamento Estratégico Pessoal? Uma espécie de plano de vida, que parta de uma autoanálise sincera, que reconheça sua essência e esteja alinhada com a sua missão pessoal?

Num primeiro momento a ideia pode parecer estranha, mas acredito que a lógica usada pelas empresas para avaliarem seus ambientes e forças/fraquezas, e assim se estruturarem para o futuro deva ser usada pelas pessoas físicas, ou seja, nós!

Como crença, as empresas nada mais são do que um conjunto de CPFs fazendo parte de um CNPJ e esses CPFs precisam, cada vez mais, serem protagonistas de suas histórias e assim gerarem valor para suas vidas e para as empresas que representam, trabalham, gerenciam ou possuem.

A lógica do Planejamento Estratégico, no ambiente corporativo, vem passando por muitas evoluções, tanto de escopo e profundidade, como do tempo de sua previsão, dado o cenário extremamente volátil e complexo que vivemos atualmente, de inovações constantes e rápidas.

Mas nem por isso, deve ser abandonado, o que muda é a lógica na sua construção e a necessidade de revisões mais constantes e os ajustes de rumo também, ou seja, Planejar, Realizar, Controlar e Ajustar, ou em outras palavras PDCA (Plan – Do – Check – Adjust).

Dessa forma, recomendo uma visão estrutural dessa ferramenta PEP, criada por mim para ajudar as pessoas a realizarem seu potencial de vida e sonhos, transformando-os em ações e metas, com indicadores e com alto poder de realização e felicidade.

A visão estrutural do processo de planejamento passa por essas etapas:

A ideia de ter uma moldura (frame) visa facilitar essa construção, que para cada indivíduo será diferente, mas que pode ser fundamental para gerar mais clareza sobre a sua visão de vida, valores que conduzem os seus comportamentos, pessoas de referência para networking e que lhe inspiram, uma análise de Pontos Fortes e Fracos, Oportunidades e Ameaças (SWOT) e obviamente, se concretizando com um Plano de Ações.

Estrutura do PEP

Na elaboração do seu plano de ações, é importante entender a estrutura focada em conquistas de âmbito:

  • Pessoal - família, educação, viagens, religião, etc
  • Profissional - carreira, empreendedorismo, etc
  • Financeiro - independência financeira, seguro, patrimônio, reservas, etc.

Definitivamente, sempre acreditei na lógica do planejamento e na busca do sentido da realização de meus sonhos e metas, e espero poder contribuir com o seu start-up do PEP – Planejamento Estratégico Pessoal.

Muito sucesso, realizações e felicidades!

Comentários

Quem escreve

Adir Ribeiro

Presidente em Praxis Business, São Paulo

Presidente e Fundador Praxis Business Especialista em Gestão Estratégica de Franchising & Varejo, atua há mais de 20 anos nesses mercados. Treinou mais de 50 mil pessoas. É coautor dos livros: Gestão Estratégica do Franchising – Como construir redes de franquias de sucesso e Franchising – Uma Estratégia para a Expansão de Negócios. Colunista e Mentor da Endeavor, Expert do Meu Sucesso.com, Apoiador e Voluntário do Instituto CEO do Futuro (icf.org.br), Consultor Técnico da ABF para a NRF (maior evento do varejo mundial, que acontece em Nova York – EUA), Professor de grandes Escolas de Negócios no Brasil: FGV, FIA/Provar, ABF e Insper.

POR Adir Ribeiro

A "nova era" do Franchising

2 0