Finanças

Enough! É hora de reduzir - por Roberta Omeltech

9/06/2016 • por Roberta Omeltech

A especialista em finanças Roberta Omeltech ensina a controlar as finanças pessoais

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje quero trazer mais uma reflexão para todos vocês. Já se passaram 5 meses do ano de 2016 e tenho visto nos diversos clientes que tenho atendido a necessidade de medidas financeiramente eficientes.

  • Como anda o seu custo fixo atual?
  • Neste ano, você já parou para pensar o que é realmente essencial?
  • É preciso manter o espaço físico?
  • E a produtividade do pessoal que trabalha com você, como anda?

O cenário econômico atual pode ser encarado de formas diferentes, ou você vai ficar mergulhado(a) no problema, reclamando de todo mundo e deixando a vida passar, ou faz o que muitas pessoas e empresas tem feito, acorde!

Para os clientes que temos atendido ao longo deste ano o cenário atual de certa forma gerou um resultado positivo, não necessariamente financeiro, mas comportamental, pois tirou todas as pessoas da sua zona de conforto, inclusive os sócios.

Já chega! Esta é a hora de você analisar novamente a sua vida e a sua empresa!

É momento de aprender com seus erros, erguer a cabeça e continuar caminhando em frente.

Não existe fórmula mágica, existe sim muito trabalho. Sabemos que você tem feito o possível para manter o seu padrão, mas cuidado, utilizar linhas de crédito é uma boa opção por um determinado período, porem não como uma regra.

A conta é simples, o valor que entra tem que ser maior do que o que sai. Se até o momento a coluna  de débitos tem sido maior que a de créditos, corte, reduza.

Trabalhe sua cabeça de forma positiva, você não está falindo, você está tomando as medidas necessárias para não chegar neste ponto.

Reduzir o padrão não é vergonhoso para ninguém, mostra apenas que você é uma pessoa inteligente, que sabe fazer contas e que quando o mercado aquecer novamente, estará ainda mais forte e mais competitivo.

Isso não vale apenas para quem tem empresa, vale para a sua vida pessoal também, como foi tratado ao longo deste texto. Reveja seus gastos, reduza seu padrão e siga em frente.

Se você está crescendo a todo vapor, continue neste embalo, mas tenha uma tarefa constante na sua agenda, que é: faça uma auto analise da sua empresa e da sua vida, o que pode ser ajustado e melhorado, principalmente na questão financeira.

Um grande abraço.

Comentários

Quem escreve

Coach, Consultora, Palestrante e Facilitadora nas áreas de Educação Financeira e Empreendedorismo. Sócia-diretora da Omeltech Desenvolvimento, empresa do ramo de Educação Corporativa, referência no Desenvolvimento de Líderes, Academia de Vendas e Marketing, Modelos de Influência, Planejamento Financeiro e Desenvolvimento de Estagiários.

Mais Colunas