Neste artigo, você confere 4 dicas para atrair, fidelizar e fazer seus próprios clientes se tornarem porta-vozes da sua marca.


Quando você pensa em seus clientes, o que você acha mais importante: atrair novos consumidores ou fidelizar os que já compraram seus produtos? 

Ambos são importantes para o crescimento de uma empresa, mas um erro comum entre empreendedores é dar muito mais atenção para a atração de novos clientes do que criar um relacionamento a longo prazo com quem já conhece a marca.

Pesquisas comprovam que 43% dos consumidores retornam e gastam mais dinheiro em lojas do que investem na fidelização através da comunicação, confiança, produtos de qualidade e bom atendimento. Esse combo acaba gerando mais valor a uma marca, já que, para os consumidores, isso coloca a concorrência e a disputa por preços menores em segundo plano, fazendo eles gastarem com empresas que entendem suas reais necessidades.  

Neste artigo, você confere 4 dicas para atrair, fidelizar e fazer seus próprios clientes se tornarem porta-vozes da sua marca.  

Atenda com excelência

80% dos clientes estão mais propensos a gastar mais dinheiro em um produto pela experiência de compra. Se esse perfil de consumidor não encontra tal benefício com sua empresa, é possível que ele não volte e encontre outra marca que venda o mesmo produto, mesmo que seja mais caro ou de qualidade inferior, pois a principal demanda desse público não é atendida. 

Invista no treinamento dos funcionários, sites responsivos, políticas de troca, atendimento ao cliente e todas as formas que você puder deixar a experiência do consumidor fácil e agradável. Coloque essa etapa como prioridade e veja seus clientes cada vez mais encantados com sua dedicação. 

Facilite o pagamento

Atualmente, empresas que se limitam à hora do pagamento perdem a atenção e o dinheiro de potenciais clientes. Mesmo com interesse, a pessoa fica impossibilitada de adquirir um produto ou serviço porque a empresa está atrasada em relação às novas tecnologias e formas de pagamento.

Fique por dentro de todas as novidades do mercado e ofereça o máximo de opções de pagamento que façam sentido com o contexto do seu negócio. Lembre-se: um cliente que não consegue nem começar uma primeira compra, não voltará para saber se você finalmente pode ajudá-lo. 

Crie programas de fidelização

Quem nunca entrou em uma loja de departamento e foi abordado por um vendedor oferecendo um cartão da loja com diversos benefícios para o cliente?

Talvez sua empresa não possa criar cartões de crédito. Mas é possível que você possa aplicar métodos mais simples e eficientes. Como, por exemplo, descontos progressivos a cada retorno de um cliente, brindes para consumidores que atingem uma certa pontuação ou um clube de vantagens que atraia o perfil de cliente que valoriza a troca da empresa pela sua fidelidade. 

Encontre uma forma simples e criativa de recompensar seus clientes fiéis e crie um afeto entre marca e consumidor

Invista no pós-venda

Seus clientes podem até ficar extremamente satisfeitos com a experiência, formas de pagamento e benefícios que a sua empresa oferece, mas, se você não lembrá-los da sua existência, é possível que a sua marca perca a atenção e dê espaço para a concorrência encantar muito mais os seus clientes. 

Não deixe o tempo passar após a venda. Assim que fechar negócio, já peça os contatos do seu cliente e invista na comunicação frequente, mas com qualidade. Mande e-mails com novidades e promoções, faça contato (sem ser agressivo) pelo WhatsApp e desenvolva uma pesquisa de satisfação para descobrir como pode melhorar e o que está dando certo. 

Acredite: o pós-venda é o que vai validar a sua relação com cada cliente. Dar o famoso “chá de sumiço” não atrai novos consumidores. Você ficará refém de apenas conseguir angariar novos consumidores, ao passo que você poderá dobrar a sua renda com quem já gosta do seu serviço.

Quer descobrir mais sobre como atrair e fidelizar seus clientes? Teste o meuSucesso por 7 dias grátis e assista os principais casos de empreendedorismo no Brasil.