Gestão

Os maiores erros de controle de estoque das pequenas empresas

17/11/2014 • por meuSucesso .com

Não é exagero dizer que esse é um dos pilares mais importante de um negócio

A importância de um bom controle de estoque é indiscutível. Não é exagero dizer que esse é um dos pilares mais importante de um negócio e que qualquer falha nele pode comprometer toda a estrutura. Por isso, é fundamental que toda empresa dê bastante atenção a essa área e invista na boa qualidade do seu gerenciamento. O primeiro passo para isso, sem dúvidas, consiste em evitar erros.

Confira abaixo 5 erros que devem ser sempre evitados:

Excesso

Ter em estoque mais do que é necessário gera, pelo menos, dois problemas primordiais: mais despesas para manter e desperdício. Produtos encalhados tanto exigem mais esforços e verbas para conservação quanto podem estragar. Essa é uma fórmula que não tem como gerar um resultado positivo. Ou você perde por gastar mais que o necessário com a manuteção ou perde produtos já pagos. Na pior das hipóteses, gasta-se muito e o produto estraga.

Falta

Um estoque cheio demais pode ser tão problemático quanto um deficitário em produtos. Por isso, é fundamental encontrar um meio termo. Um estoque desabastecido pode gerar problemas como perda de vendas, por falta de produto, e indisposição com clientes, no caso de se descobrir após a venda que o produto está indisponível.

Falhas no picking

Define-se como picking a atividade de separação e preparação de pedidos no estoque para entrega ao cliente. Muitas vezes, por falta de conhecimento ou atenção, a empresa peca nessa parte, gerando também mais despesas e conflitos com clientes. Não são raros os casos de envios de produtos errados, produtos com defeito, fora do prazo prometido e outros problemas.

Métodos obsoletos

Ainda há empresas que resistem à informatização. Isso é um problema. Já está mais que provado que sistemas informatizados minimizam os erros e aceleram os processos. Por isso, é fundamental trabalhar com softwares de controle de estoque. Mas muitos empreendedores ainda preferem apostar em métodos manuais e obsoletos.

Não fazer inventário

Não inventariar um estoque é, simplesmente, entregar seu negócio à própria sorte. Sem saber o que se tem, não é possível avaliar o que falta nem prever estratégias efetivas de vendas, por exemplo. 

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com.

Comentários