Marketing

Fieldmarketing: marketing de campo, uma nova abordagem de vendas

16/06/2015 • por Edison Talarico

A orientação estratégica do marketing seguiu durante anos a visão da indústria

Durante muitos anos a orientação estratégica do marketing seguia a visão da indústria, posteriormente descobriu-se o mundo dos serviços e mais recentemente, o varejo define um novo posicionamento dos profissionais. A polarização entre a visão do produtor e a expectativa do cliente consumidor abrem uma nova perspectiva: Fieldmarketing ou marketing de campo.

 O novo modelo busca a criação de estratégias no ponto de venda, integrando tecnologias, indicadores de performance e a expertise de profissionais, garantindo uma execução mais eficaz e o aumento da presença das marcas nos pontos de venda.

A entrega dos resultados é mais consistente e trabalha com metas compartilhadas, entre a indústria e o canal de distribuição. As ações táticas de promoção de vendas e merchandising somam esforços às equipes de promotores, com uma estratégia de campo consistente e comprometida com o retorno dos investimentos realizados.

 O Fieldmarketing envolve o trabalho de se conectar com o mercado e compreende todas as atividades de marketing que facilitem o contato face a face com o consumidor. Como área de atuação, a ferramenta é utilizada em uma grande variedade de segmentos de mercado e de atividades, onde os clientes estão fisicamente presentes, tais como alimentação, bebidas, saúde, produtos de beleza, bens domésticos, dispositivos móveis e eletrônicos.

Uma das principais características do Fieldmarketing é identificar argumentos e diferenciais que estimulem o impulso de compra e a análise criteriosa de fluxos de clientes, o aumento de conversão, o perfil dos consumidores, a análise dos esforços de comunicação e a otimização de espaços e mídias.
 
Como atividades do gerente de campo ou “Fieldmarketing manager” espera-se a capacidade de planejar ações, saber avaliar resultados de forma objetiva, coordenar ações com fornecedores, saber treinar equipes de vendas, criar ações promocionais de alto impacto e oferecer relatórios mercadológicos com indicadores de resultado e de tendência.

O marketing de campo ou Fieldmarketing requer habilidades de comunicação persuasiva para os profissionais para envolver os consumidores em um nível pessoal, bem como profundo conhecimento de gerenciamento de categoria, participação de mercado, merchandising, margens de contribuição, trade marketing e de gestão operacional dos pontos de venda.
 
Abre-se uma nova frente de trabalho para quem se identifica com resultados, velocidade e giro no ponto de venda.

Comentários

Quem escreve

Consultor especialista em estratégias de marketing comercial. Professor de MBA da USP e INEPAD. Tem experiência profissional acumulada em empresas de médio e grande portes, tais como: Alpargatas, Honda do Brasil, MPM Propaganda. Ex-sócio da young rubican e da TBWA-USA.

Mais Colunas