Marketing

Por que a minha campanha de marketing não está dando certo?

29/09/2016 • por Will Fernandes

O que será que eu estou fazendo que não deu resultado? Será que eu defini bem os meus objetivos?

Semana passada um empresário desconhecido me ligou aflito e me falou que a campanha online dele não está dando certo.Ele me perguntou: por que não está dando certo?

Eu senti na voz dele um tom pesado de preocupação, senti ali alguém aflito, frustrado por investir tempo e dinheiro em algo que não deu resultado algum. Fiz algumas perguntas para entender mais do que ele fazia mas, ele continuava a me interromper “por que não está dando certo” – indagava ele.

Eu disse para ele que precisava de tempo para, como um bom médico ou especialista, “diagnosticar” o problema dele.  Trocamos mais informações e ficou combinado que em alguns dias eu daria o diagnóstico da campanha.

Quando terminamos a ligação, parei para pensar que talvez isso seja um problema de muitos e não apenas um caso isolado. Muitos se empolgam com as oportunidades online, mas terminam frustrados e aflitos por não terem conseguido os resultados desejados.

Pensando nisso, vou compartilhar 3 perguntas que você deve se perguntar quando as suas campanhas não estão dando certo:

1- Qual é o meu real objetivo com essa campanha? E honestamente é viável?

O seu objetivo tem que ser concreto e direto. Frases como “aumentar vendas”, “aumentar a exposição da marca”, “vender online” são objetivos vagos. Escreva exatamente o que você quer como “quero vender mais 100 unidades por mês online”, “quero que minha marca apareça na frente de 200 CEO’s em São Paulo”. Esses são objetivos mais bem formulados. Agora, a segunda parte da pergunta é a parte mais difícil de digerir, ela requer honestidade e consciência própria. Reflita se o seu objetivo é realmente viável, se a sua empresa tem os recursos, know-how e o tempo para atingir o objetivo? Se a resposta for não, sua campanha provavelmente não vai dar certo.

2- O meu público alvo usa essa plataforma?

É muito importante saber onde o seu público alvo congrega. Eles estão no LinkedIn ou estão no Snapchat? Eles fazem compras pelo smartphone ou pelo laptop? Caso você não saiba, uma forma simples é fazer uma pesquisa com os clientes que você já tem e pergunte para eles: que plataformas online você usa e onde você congrega online (que blogs, sites, canais você accessa)? Às vezes, a campanha não dá certo por que plataforma não atingiu o seu público alvo.

3- A minha mensagem atrai?

A sua campanha tem que ter “appeal”, como o termo “sex appeal”, algo que atraia as pessoas. Essa atração não tem nada a ver com campanhas apelativas ou vulgares. Um carro, um celular ou um restaurante pode ter um appeal para as pessoas. Trabalho com diretores de cinema e sei que para um filme ou uma série dar certo é crucial ter um bom trailer, algo que chame a sua atenção, que interrompa o seu cotidiano e gere em você a vontade de “quero mais”. Faça uma reflexão sobre o tipo de mensagem que a sua empresa está comunicando e pondere: a minha mensagem é compatível com o meu público alvo? Uma forma de criar mensagens que conectam com o seu público é observar quem são os influenciadores do seu público. Por exemplo, eles são influenciados por Arnaldo Jabor ou Wesley Safadão?  Ajuste a mensagem da sua campanha de acordo com os influenciadores deles, procure imagens, frases e expressões que reflitam a visão de mundo deles.

Resumindo, em vez de ficar se perguntando porque sua campanha não está dando certo, pergunte a si mesmo: qual é o meu objetivo final, eu estou usando a plataforma correta e a minha mensagem atrai?

Como diz o CEO e fundador da Virgin Airlines Richard Branson: “Não se envergonhe de seus erros, aprenda com eles e comece de novo”.

Sucesso!

Comentários

Quem escreve

Will Fernandes

Diretor em North Vzon

Will Fernandes é empreendedor na área de Marketing Digital em Sydney, Austrália. Will trabalha com PME's, Governos locais e empresas Fortune 500. Will presta consultoria de marketing digital, Pro-Bono, para ONGs e Institutos focados no meio-ambiente, assistência social e erradicação da pobreza.

POR Will Fernandes

Quando o Facebook vai morrer?

2 0
POR Will Fernandes

Quando as empresas fazem greve

0 0