Fique Por Dentro

Está no ar o 2º capítulo do Estudo de Caso de Elói D'Avila

17/11/2014 • por meuSucesso .com

Com modelo de liderança de portas abertas, Elói D'Avila investe em seus colaboradores

Quanto mais o empreendedor olha para o colaborador, mais o funcionário se dedica pelo cliente” afirma Elói D’Avila durante talk show com Sandro Magaldi, CEO do meuSucesso.com. No episódio 2 do Estudo de Caso, o empresário revela as suas fortalezas e as filosofias de vida que o fizeram um executivo bem sucedido e dono do Grupo Flytour, líder em emissões de bilhetes aéreos da América Latina, que hoje fatura 4 bilhões de reais anuais.

Segundo Elói, a liderança precisa ser “de portas abertas”. Os valores e missões da empresa devem ser passados de uma maneira natural em que o funcionário, em conjunto com a sua equipe, vai aprendendo na prática as filosofias da empresa. “É preciso dar liberdade aos funcionários e, assim, eles também se sentem donos do negócio. As pessoas e o modo como elas vestem a camisa da empresa são a principal fortaleza para o empreendedor”, comenta.

Durante os 40 anos de Flytour foi preciso um bom planejamento para manter a perspectiva da empresa que hoje possui milhares de funcionários. “É muito importante você parar, pensar e refazer sua estratégia. É necessário calcular o plano orçamentário que dê a longo prazo uma vivência grande de mercado para a empresa”.

O episódio 2 do Estudo de Caso de Elói D’Avila também traz a aula “O modelo de liderança de portas abertas”, com o expert Ruy Shiozawa, CEO do Great Place to Work® Brasil e diretor de relações empresariais da ABRH NACIONAL. “A maioria dos empreendedores que tive contato falam que as pessoas são o bem mais importante da organização. Porém, não é toda empresa que investe na gestão de pessoas justamente porque é um setor difícil de ser mensurado. O que quero mostrar na aula é que a gestão de pessoas pode ser medida como qualquer outra atividade”, reflete o professor.

 

Comentários