Empreendedorismo

A importância da persistência para se chegar a um objetivo

28/05/2015 • por Paola Tucunduva

James Dyson é um engenheiro inglês é um grande exemplo de persistência

Persistência é um dos comportamentos dos empreendedores de sucesso, mas infelizmente muitas pessoas se consideram persistentes e na verdade são teimosas.

Existe uma diferença entre persistência e teimosia, você sabe qual é?

A diferença é a meta, quem persiste tem um objetivo claro e não perde o foco. Ele pode até mudar de estratégia, mas mantém o esforço para alcançar sua meta. 

Já o teimoso não sabe aonde quer chegar, ele acha que persistir no mesmo caminho a vida toda é persistência. Eu te pergunto "Adianta trabalhar 12 horas por dia sem saber onde quer chegar?"

Veja que grande exemplo de persistência:

James Dyson é um engenheiro inglês, que inventou vários aparelhos inusitados. Aqui no Brasil o primeiro que chegou foi o ventilador sem hélice. Se você buscar no Google “ventilador sem hélice” vai vê-lo.

No entanto, a primeira criação dele de sucesso foi um aspirador que não tem aquele filtro/saco interno para reter o pó. Ele separa o pó e o deposita em um recipiente transparente. Quando cheio é só jogar a sujeira no lixo.

Foram 15 anos de frustrações, perseverança, e mais de 5.000 protótipos. Finalmente James Dyson lançou o aspirador de pó Dyson DC01, usando seu próprio nome. Quase dois anos depois, era o aspirador mais vendido na Grã-Bretanha.

Veja o que ele disse sobre sua caminhada antes do primeiro sucesso: “Eu queria desistir quase todos os dias. Mas uma das coisas que eu fazia quando eu era jovem era corrida de longa distância. Na escola eles não me permitiam correr mais do que 10 milhas – nessa época eles achavam que você poderia morrer correndo mais do que isso. E eu era muito bom nessas corridas, não por causa do meu físico, mas porque eu era mais determinado. Eu aprendi a ser determinado nessas corridas.”

Na seguinte fala de Dyson, repare como ele se utiliza de uma situação cotidiana, que tem relação com a vida dele, e faz disso um exemplo ou uma lição para continuar com sua persistência em atingir seu objetivo: “Muita gente desiste quando acha que o mundo está contra ela, mas é nesse ponto que você tem que insistir um pouco mais e seguir forte. Eu gosto da comparação com as corridas: há momentos em que você acha que não vai conseguir continuar, mas se você superar aquele momento das dores, você fica bem e visualiza a chegada. As soluções estão um passo adiante, basta não desistir.”

A empresa de Dyson hoje vende US$ 1 bilhão por ano. E está só no começo.

ANTES DE DESISTIR DE SEUS PROJETOS LEMBRE-SE DE DYSON!

Comentários

Quem escreve

Paola Tucunduva

Apresentadora em Alma do Negócio/Evolution training e Rotovic Lavanderia, São Paulo

Paola Tucunduva é empreendedora, graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, pós-graduada pelo CEAG-FGV em finanças e Marketing. Paola é apresentadora do programa Alma do Negócio, da Rádio Mundial FM 95.7. Também é facilitadora do Empretec - Sebrae, professora da Fundação Dom Cabral (FDC). Paola é sócia - diretora da Evolution Training e Rotovic Lavanderia; e presidente do Conselho da ANEL (Associação Nacional das Lavanderias). Paola foi indicada e finalista de importantes prêmios, como Woman Business Award 2008 (ONU/UNCTAD) e o Prêmio Mulher de Negócio 2009 (SEBRAE).

POR Paola Tucunduva

Como as empresas de sucesso fazem?

2 1