Empreendedorismo

Como o coworking pode ser uma ótima maneira de conseguir clientes

19/02/2015 • por meuSucesso .com

Esse modelo tem ajudado a profissionalizar empreendedores

Você criou um negócio e ele está dando seus primeiros passos. Clientes? Ainda não existem. Orçamento? Extremamente reduzido. Como bancar um escritório e investir na captação de jobs? Uma alternativa interessante, que tem ganhado espaço no Brasil, é o coworking. Trata-se de uma prática de compartilhamento de escritórios, onde diferentes profissionais dividem um mesmo espaço e rateiam os custos de manutenção. 

Esse modelo tem ajudado a profissionalizar empreendedores que, até então, se mantinham no quarto ou na garagem, de maneira mais informal. Num escritório compartilhado, os custos são bem menores e o empreendedor passa a poder receber clientes, ter um endereço corporativo e demarcar um espaço específico para questões de trabalho. Mas tem ainda outro fator importantíssimo: o networking.

Os espaços de coworking podem ser altamente eficientes para se conseguir clientes, que podem ser os próprios parceiros que estão ao lado. Com profissionais de diferentes áreas reunidos em um mesmo espaço, é muito provável que um possa acabar suprindo alguma necessidade do outro. Por exemplo: um contador precisa de alguém para construir seu site. O web-designer da mesa ao lado pode resolver. E as fotos? O fotógrafo da salinha ao fundo dá conta.

Ter os parceiros certos nas mesas ao lado desburocratiza o processo de busca por fornecedores de serviços, garante mais confiabilidade (vai ficar chato descumprir o prazo de um projeto e ter que ver o cliente todos os dias) e permite que os trabalhos sejam realizados de maneira mais ágil (para aprovar uma ação, basta fazer um sinal para o cliente).

É fundamental, no entanto, lembrar que o simples fato de dividir o espaço com várias pessoas não quer dizer que você vai conquistar todas para sua cartela de clientes. É indispensável investir em qualidade, construir uma relação de confiança e saber vender seu peixe. 

Em um contexto como esse, vários outros fatores vão acabar pesando na decisão do cliente/parceiro de sala na hora de contratar um serviço seu, que num cenário tradicional não seriam observados. Lembre-se de que seu público conviverá com você todos os dias, conhecerá seus hábitos e todas as suas atitudes, até mesmo os hábitos mais pessoais, podem pesar na hora de fechar um negócio.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com.

Comentários