Empreendedorismo

Gastronomia variada: food trucks reinventam o mercado

19/02/2015 • por meuSucesso .com

Já existem inúmeros empreendimentos desse tipo no país e a tendência é de que o número cresça ainda mais

Comida de rua não é nenhuma novidade. Mas uma reinvenção desse conceito tem feito sucesso no mundo há alguns anos e, recentemente, começou a se tornar uma febre aqui no Brasil também. São os food-trucks, veículos que levam para as ruas uma proposta de comida acessível, com alto padrão de serviços e higiene, além de, em alguns casos, um toque gourmet. O modelo tem crescido no país e vem dando um novo fôlego ao setor de alimentação fora do lar.

Já existem inúmeros empreendimentos desse tipo no país e a tendência é de que o número cresça ainda mais. De acordo com o app Food Truck nas Ruas, que aponta em um mapa a localização de veículos de alimentação ativos no Brasil, só na cidade de São Paulo já existem mais de 100 em circulação. 

Franchising

Com a alta demanda do público por esse tipo de opção, muitas empresas já têm investido, inclusive, em franquias de food-trucks. E o modelo tem tudo para dar certo, por exigir baixo investimento e um pequeno custo de manutenção, se comparado a negócios do setor em pontos fixos. 

O Los Cabrones, por exemplo, especializado em culinária mexicana, surgiu em 2010. Em 2014, iniciou seu sistema de franchising e hoje já tem oito unidades franqueadas. O investimento inicial é de R$ 65 mil e a taxa de franquia é de R$ 20 mil.

A Franquia da Pizza também, depois de dois anos de entrar no mercado de food-trucks, resolveu franquear sua marca. Especializado em pizzas pré-assadas, o empreendimento também tem oito unidades, exige um investimento inicial de R$ 65 mil e taxa de franquia de R$ 20 mil.

Do ponto fixo para o food-truck

Outro sinal de boom no mercado de food-trucks é o interesse que o modelo tem despertado em negócios já consolidados em pontos fixos. É o exemplo da Brasileiro Delivery, que já tem uma atuação de longa data no mercado brasileiro de alimentação, com presença em praticamente todos os estados do país, e resolveu investir também no mercado de food-trucks.

“Estudando e analisando o mercado, identificamos tendências e decidimos inserir novos modelos, principalmente pelo custo benefício e visibilidade”, conta Jhonathan Ferreira, diretor da rede.

A Brasileirinho implantou em sua rede essa opção e o modelo está em fase de adaptação. O investimento inicial deverá ficar em torno de R$ 150.000,00.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com.

Comentários

Leia também