Empreendedorismo

O desafio de empreender

6/06/2014 • por Alice Salvo Sosnowski

Empreendedorismo é um jogo que não tem regras e vai muito além de simplesmente ter uma empresa. É um estilo de vida que usa como parâmetro o aprendizado constante e a capacidade de inovar .

Empreendedorismo é um jogo que não tem regras e vai muito além de simplesmente ter uma empresa. É um estilo de vida que usa como parâmetro o aprendizado constante e a capacidade de inovar .

Por Alice Salvo Sosnowski* 

O que é mais motivador? Acordar de manhã e saber o que vai te acontecer nas próximas semanas, meses e anos ou começar uma jornada sem ter certeza de onde exatamente vai chegar?

Para quem prefere a primeira opção, a má notícia é que vivemos neste mundo em meio a incertezas. Por isso, o melhor a fazer é aprender a conviver com elas.  A própria vida já é uma aventura cheia de riscos, obstáculos, incertezas e apostas, o que nos obriga a nascermos empreendedores e mantermos esta habilidade até o fim.  

O ser humano sempre tentou durante os séculos minimizar estas incertezas e encontrar um lugar onde os limites o deixasse mais seguro (a famosa caixinha!). Mas esta segurança tem um preço: a zona de conforto, capaz de aniquilar a criatividade e a inovação.

Já os empreendedores de todas as épocas - desde os desbravadores de novas terras até os inovadores digitais - já entenderam que empreender é uma jornada de incerteza absolutamente necessária. “A única certeza para quem empreende é que não existe certeza de nada”, dizem os mais experientes. 

Empreender é um jogo que não tem regras e vai muito além de simplesmente ter uma empresa. É um estilo de vida que usa como parâmetro o aprendizado constante e a capacidade de inovar. O que o empreendedor sabe sobre o amanhã? Quase nada. Mas ele usa esta imprevisibilidade a seu favor.  

Com esta convicção, o empreendedor age com autonomia e proatividade para construir o futuro que ele quer. Se o terreno da incerteza para alguns é hostil, para o empreendedor é um campo fértil para vislumbrar novos cenários. E se o erro for inevitável, ele também está mais disposto a assumir as falhas, corrigi-las e ir em frente. 

Por isso, empreender não é apenas uma condição profissional,  mas uma habilidade intrínseca do ser humano que precisa ser praticada e aperfeiçoada constantemente. Não apenas na própria empresa, mas também como empregado, funcionário público, nos relacionamentos e por toda a vida. 

Comentários

Quem escreve

Alice Salvo Sosnowski

Líder de Conteúdo em meuSucesso.com

Jornalista, empreendedora e mentora de empresas e startups. Líder de Conteúdo na plataforma meuSucesso.com. Criou há seis anos o blog O Pulo do Gato, que tem a missão de inspirar profissionais a inovar e descobrir seu potencial empreendedor.