Finanças

O que é administração financeira

2/07/2014 • por meuSucesso .com

Entenda o conceito e por que é fundamental dar atenção a essa área na gestão do seu negócio

Antes de entender o que é administração financeira, é necessário deixar claro o conceito de finanças, pois esta faz parte do cotidiano de uma empresa à medida que é fundamental para o controle dos recursos e condução eficaz dos negócios da organização. O conceito de finanças, então, diz respeito ao conjunto de recursos disponíveis em circulação dentro de uma empresa, utilizados em transações que objetivam a maximização da riqueza da empresa e o de suas ações.

Em função de manter as finanças de uma empresa em bons patamares, administradores utilizam técnicas que objetivam a formulação de esquemas adequados para atribuir maior valor aos  retornos da empresa. Este é, em suma, o conceito de administração financeira, que quando executada corretamente traz eficácia para a condução das finanças da empresa.

Ao evitar gastos desnecessários e desperdícios de recursos, a administração financeira empresarial atua como o combustível essencial para a sobrevivência de uma empresa no mercado, possibilitando que ela "viva" de forma saudável e estável. É importante destacar, no entanto, que tão importante quanto evitar despesas supérfluas, é fundamental gerar receitas. Esse controle eficaz da entrada e saída de recursos financeiros maximiza as possibilidades de investimentos e empréstimos, por exemplo.

O administrador financeiro se baseia nos estudos e análises dos dados do balanço patrimonial da empresa e, principalmente, no fluxo de caixa. A partir desses dados, ele tem como saber o quanto tem disponível para investir em novas atividades, visando a obtenção de mais lucro para a empresa. 

As principais funções do gestor financeiro empresarial são a análise, planejamento e controle financeiro; tomada de decisões de investimentos e financiamentos; entre outras. Esse profissional é fundamental para evitar crises ou, pelo menos, prevê-las e garantir, assim, que a empresa se prepare.

De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo Sebrae, em 2011, a taxa de mortalidade das empresas no Brasil com até 2 anos no mercado era de 26,9%, sendo a imprudência financeira uma das principais causas apontadas para a falências das empresas. 

Dessa forma, é indispensável pensar estrategicamente quando se trata do capital da sua empresa, para que ela não entre nas estatísticas daquelas que não sobrevivem nem mesmo ao quinto ano de existência.

Conteúdo desenvolvido pelo Administradores.com exclusivo para o meuSucesso.com

Comentários

Leia também