Marketing

3 dicas para você contar histórias que gerem experiência

16/10/2015 • por meuSucesso .com

Será que apenas uma bela narrativa é suficiente?

Storytelling. Nos últimos anos, essa palavra se tornou uma verdadeira febre entre empreendedores e outros profissionais de negócios. Bastante conhecido já no meio artístico e no de mídia e publicidade, o termo passou a gerar interesse em outras áreas quando o mercado começou a se dar conta de que boas histórias vendem muito mais do que um discurso vendedor puro e simples. 

Desde então, temos visto uma verdadeira corrida para ver quem conta as melhores histórias e envolve mais pessoas. Mas será que apenas uma bela narrativa é suficiente para conquistar consumidores e torná-los fiéis defensores de sua marca? A resposta é simples: não.

Em meio à corrida desenfreada pela melhor narrativa, quando o assunto virou modinha, muita gente enfiou os pés pelas mãos. E aí você já sabe: o estrago foi grande. Muita gente se arrependeu e percebeu que, se não tinha uma boa história, era melhor não ter tentado inventar uma.

Abaixo, elencamos alguns pontos que consideramos importantes para quem quer recorrer a esse recursos e evitar os erros que comumente geram grandes dores de cabeça. Confira:

Histórias genuínas

Para ser capaz de gerar experiências e fidelizar clientes no longo prazo, a história precisa ser genuína. Avalie bem, relembre a história do seu negócio, encontre algo que renda um bom enredo. Nunca crie histórias falsas para embelezar sua narrativa. Mais cedo ou mais tarde alguém vai descobrir. E o estrago será feio.

Histórias verossímeis

Além de serem verdadeiras, as histórias precisam parecer verdadeiras. Mesmo que sejam reais, se não forem capazes de convencer as pessoas, essas narrativas não terão valor nenhum. Por isso, voltamos aqui ao ponto chave, que é o estudo prévio de sua trajetória e do seu negócio para encontrar o que, de fato, vai envolver seu público.

Estude

Como em tudo na vida, para contar uma boa história, é precisar estudar bem o assunto. E aqui não nos referimos apenas ao tema da narrativa, mas também às próprias técnicas de storytelling. Procure cursos, livros ou mesmo a orientação de empresas especializadas no assunto. É fundamental ter conhecimentos seguros antes de depositar numa história o valor de sua marca.

Gostou das nossas dicas? Você já tem aplicado o storytelling em seu negócio ou carreira? Deixe seu comentário.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com.

Comentários