Pessoas

O que é o pipeline de liderança? Veja o que podemos aprender com Ram Charam

25/08/2016 • por meuSucesso .com

As organizações têm se tornado cada vez mais horizontais e a falibilidade dos chefes deixou de ser um tabu

Formar lideranças é algo que se torna cada vez mais complexo a cada dia. Os mercados se transformam numa velocidade muito rápida e novos desafios vão surgindo no mesmo ritmo. Por muito tempo, vigorou o paradigma da liderança inquestionável, o chefe supremo, alguém que não se podia questionar, apenas obedecer. O líder era uma figura superior a todos os outros agentes da organização e, mais do que respeitado, era temido. Mas isso mudou.

As organizações têm se tornado cada vez mais horizontais e a falibilidade dos chefes deixou de ser um tabu. Aceitar que o posto superior na hierarquia organizacional não garante supremacia absoluta permitiu que o exercício da liderança se tornasse mais inteligente e eficiente. Ao mesmo tempo, ser líder ficou ainda mais difícil. Afinal, ser aquele chefe para quem todos baixavam a cabeça era muito fácil.

Mas, nesse contexto, como preparar os novos líderes? Uma das propostas mais recentes vem, em parte, da Índia e está detalhada no livro “Pipeline de Liderança: o desenvolvimento de líderes como diferencial competitivo”, do consultor Ram Charam em parceria com Stephen Drotter e James Noel.

A Teoria consiste no seguinte: desenvolver a liderança com base no perfil de cada profissional, avaliando suas potencialidades e focando em seus melhores pontos para planejar sua trajetória. No livro, com essa visão, os três consultores mostram às companhias como desenvolver a liderança em todos os níveis organizacionais.

O próprio nome da teoria explica seu conceito. Pipeline é uma tubulação que se desdobra em vários canais diferentes. Isso seria um metáfora para o que a proposta de Ram Charam e seus colegas prega: a partir de um ponto, gerar desdobramentos, transformações.

Nesse sentido, há seis transições fundamentais a que se deve atentar no processo de formação da liderança. São elas:

Assim, para que o líder obtenha sucesso em sua nova posição, é preciso atentar-se às mais importantes transições, como a de:

• Gerenciar a si mesmo > gerenciar outros

• Gerenciar outros > gerenciar gestores

• Gerenciar gestores > gerente funcional

• Gerente funcional > gerente de negócios

• Gerente de negócios > gerente de grupo

• Gerente de grupo > gestor corporativo

E então: está pronto para a sua próxima mudança?

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

Comentários