A estrutura de uma empresa é aquilo que a sustenta: as pessoas que fazem parte, os negócios que ela faz, suas políticas, seus recursos e muito mais.


Muitos fatores podem desencadear a necessidade de uma reestruturação empresarial em uma companhia, desde um crescimento muito acelerado até um deslocamento dentro do mercado inserido. Um processo de reestruturação pode acontecer em empresas de qualquer tamanho. E o que é uma reestruturação empresarial? Um processo de gestão que visa melhorar o desempenho, a produtividade, retomar crescimento, reorganizar setores e a operação. O intuito, claro, é melhorar os resultados gerais da empresa, ou seja, reduzir seus custos e aumentar seus lucros.

A estrutura de uma empresa é aquilo que a sustenta: as pessoas que fazem parte, os negócios que ela faz, suas políticas, seus recursos e muito mais.

Quando fazer uma reestruturação empresarial

Por isso que é tão falado dentro de uma gestão em analisar os resultados sempre para poder identificar quando é chegada a hora de reavaliar o andamento da empresa. A concorrência em tempos digitais é cada vez mais avassaladora e se os gestores não estão com a empresa em suas mãos, literalmente, não é difícil desandar. Nessa análise criteriosa, quais elementos devem estar em constante avaliação para determinar quando é necessário fazer uma reestruturação empresarial?

  1. O desempenho da equipe – performance;
  2. Se a cultura e políticas estão condizentes com a gestão da empresa;
  3. Qual é o posicionamento e o relacionamento no e com o mercado;
  4. Qual é o cenário atual e cenário que a empresa se encontra;
  5. Quais são os objetivos da empresa x resultados atuais.

Como começar uma reestruturação empresarial?

Em qualquer processo empresarial, o planejamento é o critério mais importante e nada deve ser começado antes que um plano esteja estruturado e alinhado. Criar uma lógica que atenda os públicos envolvidos e que resolva as questões que estão em jogo é fundamental para uma reestruturação bem feita.

Nesse ponto, toda aquela didática de planejamento empresarial e estratégico entra em jogo para que os pingos encontrem os is e a empresa volte ao crescimento saudável. É o bê-a-bá de qualquer negócio e os gestores podem, inclusive, voltar à matriz SWOT, por exemplo, pra identificar os pontos fracos e fortes que vão auxiliar nas tomadas de decisão do momento. A reestruturação pode ser simplificada em alguns passos:

1. Identificação dos principais problemas:

Ou seja, essa é a raiz da reestruturação, é preciso descobrir o que está impedindo ou atrapalhando o desenvolvimento da companhia;

2. Identificação da liderança para o processo de reestruturação:

Para todo processo, uma cúpula deve ser criada para liderar o projeto – que não será do dia pra noite e pode levar bastante tempo. É preciso uma liderança engajada na transformação da cultura da empresa e tudo que ela impactará;

3. Definição das metas e objetivos:

Interligado com as causas da necessidade da reestruturação estão as metas e objetivos, pois é a partir deles que o novo deve ser planejado;

4. Plano de ação:

Com tudo definido, problemas e metas, o plano pode ser traçado visando o objetivo final;

5. Prática e acompanhamento:

Mão na massa, reorganização e treinamento de equipes, gestão e acompanhamento periódico da implementação das novas práticas e dos resultados.

Uma reestruturação empresarial vai resultar em uma virada da companhia, pois, muitas empresas, quando se encontram em um momento delicado buscam fazer um turnaround para retomar seu crescimento ou sair do momento de instabilidade e insegurança. Esse processo de transformação acabou se tornando a especialidade da Ânima Educação, já que a companhia ficou conhecida por adquirir instituições em situações críticas e com um trabalho específico de reestruturação, faziam a virada. Quer aprender mais sobre isso? Conheça Daniel Castanho em ‘Tempo de Virada’ e entenda, com aulas exclusivas, como funciona e se aplica essa gestão de transformação a ponto de recuperar uma empresa e colocá-la novamente na rota de crescimento. Ainda não é assinante? Experimente grátis por 7 dias!

Aline W de Paula