Seus clientes não sumiram, estão todos em suas casas esperando seu contato. Que tal usar o WhatsApp para estreitar seu relacionamento com eles e exercitar o consumo de um jeito diferente?


O aplicativo WhatsApp está presente em praticamente 100% dos smartphones, é por meio dele que a forma de comunicação digital foi revolucionada, e hoje as pessoas conversam por texto, áudio e vídeo. Desde que chegou, em 2009, caiu no gosto da população e hoje faz parte da rotina da maioria das pessoas. Essa ferramenta também é amplamente usada pelas empresas que buscam se comunicar com seu público, além, é claro, de vender de forma online. Muitas pessoas que já têm negócios, já utilizam de alguma forma, é natural.  Mas conhecer como a ferramenta funciona, quais recursos ela tem e como explorar da melhor forma as funcionalidades, faz com que o empreendedor tenha mais chances de sucesso. O WhatsApp hoje é considerado uma ferramenta de marketing.

Como utilizar o WhatsApp Business

Como todo mundo (praticamente) convive com o aplicativo, pode parecer muito fácil de usar essa ferramenta para vender. Mas existem muitas dicas valiosas para serem aplicadas antes de oferecer seu produto ou serviço por meio do WhatsApp. Antes de mais nada, instale a versão Business e separe seu Whats pessoal do profissional. Quanto mais credibilidade, melhor será seu posicionamento em relação aos clientes. Essa versão dedicada aos negócios oferece vantagens ao empreendedor, como métricas e funções específicas para um negócio. O WhatsApp Business tem várias funcionalidades, estude elas antes de começar. Fez o download da versão? Então vamos às dicas de uso:

  1. Use a função catálogo, ela permite relacionar seus produtos com fotos e valores disponíveis para venda;
  2. Estreite o relacionamento usando a linguagem do seu público alvo, crie vínculo;
  3. O aplicativo é para ser prático, por isso, automatizar os processos é primordial. Crie linhas de transmissão com os contatos já agendados para mensagens gerais. Quanto mais números cadastrados, mais pessoas atingidas e mais chance de atingir em cheio o consumidor;
  4. Como em outros processos de vendas, atue no WhatsApp seguindo a estratégia de funil de vendas, entendendo em que estágio está cada cliente: topo, meio ou fundo de funil e dessa forma direcione o atendimento;
  5. Mais do que o foco na venda do seu produto ou serviço, use o marketing de conteúdo para atrair seus clientes, a venda é consequência;
  6. Atrair o consumidor por meio da função ‘Status’ é uma ótima estratégia, essa é uma forma de usar o recurso de escassez, o que desperta no cliente o desejo de comprar seu produto;
  7. Use todos os recursos disponíveis no aplicativo como: criação de um perfil empresarial contendo uma breve apresentação da empresa; as mensagens automáticas de saudações, informações como horário de atendimento e etc; respostas padrão para dúvidas mais frequentes e a classificação de clientes por etiquetas, esse recurso agiliza o seu atendimento, pois você cria informações personalizadas;
  8. Gere um link que leva seu cliente direto para o WhatsApp da sua empresa, assim a pessoa não precisa agendar seu número antes de fazer o primeiro contato;

Etiqueta de atendimento

Mas antes de sair disparando mensagens para a sua lista de clientes, que tal ver algumas dicas para abordar seu cliente por meio do aplicativo? Fazendo uso de uma etiqueta de atendimento você evita o risco de causar o efeito contrário ao objetivo:

  1. Gere valor para criar autoridade com o seu público;
  2. Mensagens indesejadas que não acrescentam em nada só lotam a memória do seu cliente e gera, aos poucos, desinteresse;
  3. Responda todo mundo. Se for lançar uma mega promoção que possivelmente vá ter muita repercussão, esteja certo de que poderá, naquele momento, estar online para responder. O WhatsApp e a internet criaram um imediatismo e as pessoas não querem esperar pela resposta – isso faz parte do negócio digital;
  4. Tenha noção de horário. Respeite o limite comercial, nada de disparar mensagens tarde da noite ou cedo demais;
  5. Não exagere na quantidade de imagens ou vídeos muito grandes. O tempo é curto para todos e às vezes, a paciência, também;
  6. Procure ter um comportamento afetuoso dentro dos limites. Pessoas gostam de ser bem tratadas e com personalização;
  7. Procure escrever, pontuar, revisar e ser sucinto em suas mensagens. Um conteúdo colocado de qualquer jeito remete à desleixo e falta de profissionalismo;
  8. Educação sempre será bem-vinda e bem vista por qualquer cliente. Respeito e empatia conquistam.

Use o WhatsApp para se aproximar dos seus clientes

Promover o relacionamento com o seu cliente vai fazer a diferença nesse momento em que as pessoas estão em suas casas, sem poder sair para bater perna por aí e quem sabe, passar em uma das suas lojas, não é mesmo? Por isso, o empresário Caito Maia garante que, enquanto muitos empresários choram por achar que seus cliente sumiram, ele tem certeza de que não, estão todos em suas casas esperando o seu contato. Caito, fundador da Chili Beans, hoje tem mais de 900 lojas de óculos e acessórios pelo Brasil, estimulou toda a sua rede de franqueados e vendedores a irem atrás da carteira de clientes de cada um. Estreitar o relacionamento é super importante.

Com uma rede de seis mil vendedores e cada um deles com uma média de 100 a 150 clientes em suas agendas, a Chili Beans está fazendo venda e conectando seus vendedores com seus clientes, mandando notícias boas, dividindo coisas interessantes. De acordo com Caito, com consciência e delicadeza de conversar com eles de um jeito não invasivo, é possível começar a exercitar o consumo de um jeito diferente, e é o que a marca está fazendo nesse momento de pandemia. Para saber mais das estratégias de Caito e da Chili Beans, acompanhe a nova série do meuSucesso, ‘Plano de Contingência’, lá, o empresário divide seus planos para o durante e o pós crise. Experimente grátis por 7 dias!

Aline W de Paula