Fique Por Dentro

Alunos de Londrina idealizam uma Rede de Franquias nos próximos anos

30/11/2015 • por meuSucesso .com

A Casa de Dança é a aposta dos assinantes

A Casa da Dança foi inaugurada em 2010, em Londrina, no Paraná, pelo assinante da plataforma Fernando Bodra. Hoje, ele tem uma sócia, a professora de dança Jéssica, que se dedica a esta área desde os 4 anos de idade. Um dos diferenciais da escola paranaense é o posicionamento em relação ao atendimento dado aos alunos. 

“Não queremos apenas que ele aprenda uma modalidade de dança. Vamos muito além disso, queremos mudar a vida de nossos clientes, proporcionando uma experiência extraordinária através da dança”, relata Fernando.

Atualmente a escola tem 350 alunos e o crescimento da empresa tem sido consistente ano a ano. Em 2015 a Casa de Dança cresceu em torno de 35%. 

O assinante conta que se não fossem os conteúdos que eles têm podido estudar por meio da plataforma, a escola não estaria onde está hoje. “Aprendemos tanto nestes últimos meses que nossa administração, vendas e marketing virou de cabeça para baixo. Para dar um exemplo, há 1 ano, percebemos que 95% dos nossos alunos estavam matriculados com planos mensais. Fizemos algumas alterações na forma das vendas e de matrículas e hoje temos 90% dos clientes em planos de 3, 6 ou 12 meses. Nosso crescimento neste ano se deve, principalmente, a esta alteração, pois na crise a primeira coisa que as pessoas cortam do orçamento é o lazer, para dar prioridade a outros custos. Além disso, estas alterações melhoraram ainda mais nosso diferencial, o que nos fez ser uma das três empresas selecionadas para o Extreme Makeover Empresarial, realizado pela revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, dentre 2590 empresas participantes. A crise, por aqui, dançou!, brinca Fernando

A previsão de crescimento da empresa do assinante Fernando Bodra para julho de 2016 é atingir 550 alunos e aumentar o faturamento no final do próximo ano em 100%. Além disso, os sócios pretendem abrir uma segunda unidade em Londrina, com previsão de início das atividades em março. A meta nesta unidade é de 350 alunos no primeiro ano de operação. Depois que esta escola se estabilizar, eles pretendem abrir uma nova filial por ano, até a estrutura ficar forte o suficiente para começar a trabalhar com franquias. 

Os planos de Fernando e Jéssica são ambiciosos: “Queremos ser a maior rede de escolas de Dança do mundo, e estamos trabalhando duro para conseguir isso”, almeja o aluno.

Comentários