Você pode saber vender, mas sem gerir seu negócio de forma adequada, as chances de crescimento são muito menores.


Iniciar um negócio não requer necessariamente talento, mas com vontade de aprender uma parte do caminho já está andado. Muito se escuta por aí que basta querer, mas a verdade é que é preciso muito empenho para fazer um negócio acontecer. A falta da habilidade técnica de quem simplesmente começa algo sem o mínimo de preparo pode colocar tudo a perder.

Sem conhecimento em assuntos como liderança, administração, finanças, vendas, marketing e pessoas, fica difícil dar certo. E tudo isso converge para a gestão. Você pode saber vender, mas sem gerir seu negócio de forma adequada, as chances de crescimento são muito menores. Portanto, separamos 10 dicas essenciais para empreendedores iniciantes que querem, de uma vez por todas, tirar seus planos do papel. Vamos lá?

1. Empreender exige um grande investimento de tempo

Tenha isso muito claro antes de começar, o glamour de flexibilidade de tempo não passa de lenda, todo empreendedor em início de carreira vai trabalhar muito, mas muito mais que um um funcionário de uma empresa. Isso precisa estar claro para você antes de se aventurar nessas águas turbulentas do empreendedorismo;

2. Saiba exatamente qual é o mercado que pretende atuar e para qual público

Antes de administrar receita e despesas, o empreendedor precisa saber como esse jogo vai acontecer, ou seja, definir seu segmento de mercado, estabelecer qual nicho é o seu, além de que tipo de público vai ter. Isso tudo fará muito sentido quando começar a fazer seu planejamento estratégico e, de marketing;

3. Desenvolva seu branding

Mais do que um slogan e o nome da marca, como a empresa se posiciona, de que forma você irá se diferenciar da concorrência. É nessa fase que acontece a definição dos valores, visão e missão da empresa. Essa construção de branding é feita a partir dos valores organizacionais que saem da cultura interna da companhia e são transmitidos para o mercado;

4. Monte um plano de vendas

O que sustenta uma empresa é a venda, sem vendas, não há receita, não há nada. Se você ainda não conhece, vá aprender sobre funil de vendas. Além disso, se o seu produto é algo novo no mercado,  precisará criar uma cultura em torno dele. A venda é um pilar essencial em qualquer negócio, muita atenção a esse ponto;

5. Marketing

Focar no marketing quer dizer focar em atrair pessoas que tenham interesse no seu produto ou serviço. Atualmente, práticas de marketing digital estão totalmente inseridas nos negócios. Além disso, existem vários tipos: marketing de indicação, de relacionamento, inbound e outbound e mais!

6. Planejamento financeiro

Ponto fundamental de qualquer gestão, saber administrar as finanças não é fundamental, é imprescindível, inclusive, quando uma empresa cresce rápido demais. É preciso saber planejar e executar o que está na planilha;

7. Comunicação eficiente

Comunicar é essencial não somente no caso de você ter funcionários mas, principalmente, com seus clientes. Mais do que saber se comunicar, é preciso fazer o receptor entender a mensagem. Além disso, transparência, objetividade e clareza de dentro pra fora e de fora pra dentro criam empatia e estreitam o relacionamento;

8. Gestão de tempo

Um empreendedor iniciante precisa saber organizar seu tempo. Muitas vezes, no início, é muito comum a empresa contar somente com ele mesmo para planejar, vender, divulgar e executar a gestão do negócio. Portanto, é muito importante criar métodos de organização e entender o que deve ser prioridade para que a receita desse bolo não desande. Não adianta só vender e não cuidar do que está por trás, como por exemplo, como gerir o estoque;

9. Crie ambiente e rotina

Ainda relacionado às empresas de um homem só e que trabalham em casa, criar um espaço de trabalho gera uma sensação de profissionalismo e isso impacta na produtividade. Além disso, estabeleça uma rotina, algo imprescindível, principalmente em tempos de pandemia. Trabalhar em casa tem prós e contras, é uma questão de equilíbrio e disciplina;

10.  Avalie e meça seus resultados

Encontre ferramentas para mensurar os resultados. Entender onde está e de que forma as coisas estão andando vai balizar seus próximos passos. Não esqueça de captar feedbacks e busque a melhoria constante.

Não deixe de olhar atentamente pro seu negócio e para a forma que está tocando ele. Detalhes fazem a diferença, mas o mais importante é que você dê o primeiro passo! Não espere o momento ideal para empreender, ele pode nunca chegar, se estruture minimamente e comece! Gostou desse conteúdo? Receba semanalmente os artigos do meuSucesso, cadastre-se na nossa newsletter, é grátis!

Aline W de Paula