Empreendedorismo

O que o seu time diz sobre você?

5/10/2016 • por Cassio Spina

equipe de uma empresa representa muito mais do que você imagina!

Existe uma frase muito conhecida no Silicon Valley que diz: “aposte no jóquei, não no cavalo”. O significado dessa metáfora é muito simples: o investidor anjo deve apostar no empreendedor e seu time mais do que na própria ideia. Afinal, conhecer bem o time de uma startup é tão importante quanto todo o resto de uma "due dilligence", e nós conseguimos te dar 5 razões que justificam essa afirmação. Quer ver?

1. O investidor anjo não fará negócio com alguém que não seja ético e transparente

O investimento anjo já é um investimento de risco, então o investidor – que não deve ser ingênuo - não irá se expor ainda mais aplicando seu tempo e dinheiro em empreendedores que não demonstrem ser transparentes e éticos em seus relacionamentos e negócios.

2. Se o seu time é homogêneo demais, cuidado!

A diversidade dentro de uma equipe é extremamente importante e o investidor também se atenta a isso. Quando os componentes de um time são parecidos existe o risco de se estar perdendo uma opinião distinta, que pode ser fundamental. No mínimo, é preciso que um fundador entenda muito do produto e outro de negócios.

3. Será que você tem capacidade de execução?

Uma ideia maravilhosa é teoricamente fácil de encontrar, mas alguém que realmente consiga colocar suas ideias em prática, motivar seu time e fazer acontecer é bem mais difícil. O empreendedor precisa mostrar o que já fez com projeções reais para o investidor, além de ter um plano traçado para alcançar os seus objetivos. Apenas definir metas não adianta muita coisa para o investidor anjo.

4. Resiliência é fundamental

Startups se desenvolvem em um ambiente em constante mudança, e, por isso, é preciso ser flexível para seguir novas tendências, mudar o rumo e repensar o negócio quando necessário. E isso precisa ir além da cabeça do empreendedor e estar no DNA de qualquer startup. Para o investidor anjo se a ideia da empresa não tiver mais motivo para existir em 5 anos não vale a pena investir.

5. Empreendedores precisam ser coachable

Quando o investidor percebe que o time é coachable, que se dispõe a ouvir e até mesmo acatar as sugestões que o investidor dá isso faz diferença e chama atenção. Quando o time se mostra fechado o investidor naturalmente tende a perder o interesse na empresa.

Comentários

Quem escreve

Engenheiro eletrônico formado pela Escola Politécnica da USP, foi empreendedor por 25 anos na área de tecnologia, atualmente exercendo a atividade de investidor anjo para startups e advisor/conselheiro de empresas. É o fundador da Anjos do Brasil, organização sem fins lucrativos de fomento ao investimento anjo e da Altivia Ventures, empresa de investimentos e advisoring. Também é colunista/colaborador de diversas publicações, mentor da Endeavor, conselheiro de empresas e autor dos livros “Dicas e Segredos para Empreendedores” e "Investidor-Anjo - Guia Prático para Empreendedores e Investidores".