Finanças

Passo a passo para calcular o Ponto de Equilíbrio da sua empresa

14/11/2014 • por meuSucesso .com

O Ponto de Equilíbrio marca o início da lucratividade de uma empresa

Para empresas iniciantes, calcular o chamado Ponto de Equilíbrio Contábil é fundamental. É esse dado que vai apontar o sucesso ou fracasso de estratégias adotadas até então e indicar as melhores saídas. Mas, afinal, o que é mesmo esse ponto de equilíbrio? Como se calcula? Quando você deve analisá-lo?

O Ponto de Equilíbrio é o estágio em que a empresa empata a disputa entre seus gastos e suas receitas. Ele também é conhecido como Break-Even Point, Ponto de Ruptura e Ponto Crítico. Na prática, é quando a empresa ainda não tem lucros, mas já fatura o suficiente para pagar todas as suas despesas. 

O Ponto de Equilíbrio marca o início da lucratividade de uma empresa. Ao superar essa barreira, tudo que a empresa vender, desde que possua margem de contribuição (valor que sobra da venda de um produto após serem pagos todos os custos) positiva, contribuirá para o lucro. 

À primeira vista, parece complicado. Mas esse é um cálculo muito simples. A fórmula para chegar ao resultado é a seguinte:

Ponto de Equilíbrio = Custos e Despesas Fixas / Índice da Margem de Contribuição

Antes de tudo, calcule:

  1. o valor total dos custos e despesas fixas mensal 
  2. o índice da margem de contribuição

Para chegar ao custo fixo mensal, basta levantar todas as despesas fixas que você tem no mês na empresa.

Para chegar ao índice de margem de contribuição, faça uma projeção de suas receitas e despesas e estipule um valor fixo para essa margem, de modo que você empate o que gasta com o que ganha. Em seguida, calcule o percentual que a margem representará em relação ao todo e divida por 100.

Assim, considerando, por exemplo, que sua despesa fixa mensal é de R$ 10 mil e o índice da margem de contribuição é 0,5, seu ponto de equilíbrio será 20 mil. Ou seja, você precisará vender 20 mil unidades do seu produto, ao preço estipulado na projeção feita, para empatar o jogo. Os produtos a mais vendidos além dessa barreira passarão, então, a contribuir para a lucratividade real do seu negócio.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com.

Comentários

Leia também