Finanças

Sua startup precisa de mais investimento? Saiba como conseguir - por Cássio Spina

3/08/2015 • por Cassio Spina

Cassio Spina dá dicas para conseguir mais investimento para o seu negócio

Muitos empreendedores buscam descobrir um caminho ideal para a criação de uma startup de sucesso. Desenvolver um protótipo, conquistar o primeiro cliente, encontrar o product/market fit, levantar dinheiro por meio de investidores, entre outras questões. Por isso, é comum também que acabem esquecendo que precisam se preparar para estágios futuros.

Ainda que seja impossível determinar claramente os estágios pelo qual cada startup passará - já que cada negócio tem suas próprias particularidades - é possível imaginarmos que, após a primeira rodada de investimentos, os fundadores precisem buscar mais dinheiro para dar continuidade ao crescimento. Neste momento, muitas startups não estão preparadas por não terem se planejado anteriormente para essa nova demanda de capital.

Dessa forma, para tentar ajudá-lo a criar um planejamento coerente de médio e longo prazo, principalmente quando se trata de conquistar novos investidores, elaboramos alguns tópicos importantes sobre como se preparar para uma nova rodada de investimento. Acompanhe a seguir: do que preciso para uma nova rodada?

Em geral, ainda que não seja regra, há duas situações em que uma startup busca novos investimentos: a primeira é que o dinheiro anterior está acabando. Por isso, é preciso uma nova rodada para manter a empresa crescendo até atingir o break even e, consequentemente, caminhar com as “próprias pernas”. A segunda é escalar  o negócio realizando investimentos mais agressivos que compreendam um novo patamar no mercado. Em ambas o requisito básico é que os investimentos sejam justificáveis.

Neste contexto, é fundamental que o empreendedor entenda que em uma nova rodada, os investidores, sejam eles os mesmos ou novos, não apostarão mais apenas na ideia da startup ou nas previsões de crescimentos apontadas por um MVP (Minimum Product Viable), como geralmente ocorre para um primeiro investimento. Eles querem números que demonstrem claramente o que foi conquistado até então, seja pelo crescimento do faturamento ou do número de usuários. Por isso, se o seu objetivo é captar mais recursos, esteja atento a este fator, compile e compare os dados e tenha informações pontuais que possam esclarecer quaisquer possíveis questionamentos destes potenciais investidores.

O papel dos atuais investidores

Nesta jornada, os investidores atuais terão um papel fundamental na captação de novos recursos. É preciso, antes de tudo, dar direito de preferência a eles, já que foram os responsáveis por dar a primeira oportunidade à sua startup no início, mesmo com um mercado ainda incerto. 

Além disso, é muito comum que os novos investidores venham de contatos feitos pelos atuais, reforçando a importância do networking nessas relações. Os atuais investidores também participarão das decisões de valutation, já que o equity deles também será afetado.

Como conseguir mais investimento

Para conseguir uma nova rodada de investimentos, algumas questões devem ser evitadas para diminuir os problemas e aumentar as chances de se conseguir a nova rodada. O empreendedor precisa ter em mente que esse mercado de funding é muito pequeno, logo não deve mentir ou mascarar os resultados da sua startup.

Assim, como na primeira rodada, uma boa apresentação, mostrando os números de crescimento e as habilidades do seu time ajudarão a conseguir mais dinheiro. Lembre-se de que um novo investidor precisa perceber claramente para onde o negócio está indo e quais oportunidades de saída ele terá. Crie cenários onde sua startup será adquirida por uma empresa maior ou conseguirá a entrada de novos investidores.

A última dica do processo é nunca desistir. É muito provável que você receba vários “nãos” até encontrar alguém disposto a investir. Isso é normal, mesmo em empresas que apontem crescimento surpreendentes. Contudo, mesmo que seja esta a sua situação, lembre-se que muitas startups de sucesso foram criadas através de bootstraping, onde apenas o dinheiro dos clientes financiou todo o projeto.

E a sua startup, quantas rodadas de investimento já conseguiu? Quais foram os grandes desafios? Conte-nos a sua experiência com investidores nos comentários abaixo. Vamos construir uma discussão rica para envolver ainda mais empreendedores e investidores com estes objetivos!

 

 

Comentários

Quem escreve

Engenheiro eletrônico formado pela Escola Politécnica da USP, foi empreendedor por 25 anos na área de tecnologia, atualmente exercendo a atividade de investidor anjo para startups e advisor/conselheiro de empresas. É o fundador da Anjos do Brasil, organização sem fins lucrativos de fomento ao investimento anjo e da Altivia Ventures, empresa de investimentos e advisoring. Também é colunista/colaborador de diversas publicações, mentor da Endeavor, conselheiro de empresas e autor dos livros “Dicas e Segredos para Empreendedores” e "Investidor-Anjo - Guia Prático para Empreendedores e Investidores".

POR Cassio Spina

O que o seu time diz sobre você?

1 0