Gestão

3 dicas para fazer home-office com eficiência

13/01/2015 • por meuSucesso .com

Os benefícios de trabalhar em casa são inúmeros. Mas as exigências também

Trabalhar em casa já é uma realidade para um número cada vez maior de brasileiros. Seja pela necessidade ou pela comodidade, muita gente tem no próprio lar também o ambiente de trabalho. Exercer qualquer atividade profissional nesses moldes, porém, exige algumas condições, que nem todos estão prontos (ou dispostos) a atender. Assim, as coisas começam a desandar e o que era para ser uma vantagem acaba se tornando um problema.

Os benefícios de trabalhar em casa são inúmeros: não precisar enfrentar trânsito, não precisar comer fora, poder organizar seu próprio espaço de trabalho, fazer seu próprio horário (em alguns casos), poder se vestir mais à vontade etc. Ao mesmo tempo, no entanto, é preciso ser extremamente organizado, não permitir que tarefas domésticas ou outras atividades pessoais tomem o tempo que deve ser dedicado ao trabalho, ter um espaço apropriado para desenvolver a atividade profissional, entre outras coisas.

Levando em consideração essas questões, organizamos 5 dicas, com base em recomendações de especialistas com experiência no assunto. Confira abaixo:

Organize de maneira rígida seus horários

Pode parecer radical usar a palavra "rígida" para falar de um assunto que costuma remeter a flexibilidade. Mas quem quiser trabalhar em home-office precisa, sim, ser um tanto rigoroso com os horários. Pode ser pela manhã, à tarde, à noite ou de madrugada. Mas se você tem uma quantidade X de trabalho e precisa de Y horas para dar conta de tudo, é preciso reservar esse tempo e respeitá-lo, para o bom desenvolvimento do trabalho e para seu bem-estar.

"Tem gente que acha que vai começar a trabalhar a hora que acordar e terminar na hora que der sono. Se você fizer isso, vai estafar, acabar com o casamento ou virar um workaholic dos piores", diz Barbosa.

Converse e peça a compreensão da família e dos amigos

Se numa empresa você precisa dividir o espaço com colegas que estão ali reunidos todos por um mesmo propósito (trabalhar pela organização), em casa a coisa muda de figura. No ambiente doméstico, as crianças vão querer brincar ou ver TV, o cônjuge vai se ocupar com tarefas próprias, o carteiro vai tocar a campainha, um amigo vai chegar chamando para sair. Para que seu home-office funcione, será necessário entrar em acordo com todos que dividirão o espaço com você, deixar claras suas regras e respeitar o jogo. Caso contrário, sua situação pode ficar complicada.

Saiba se trabalhar de casa é para você

Embora o home-office seja viável para qualquer pessoa, nem todo mundo está preparado para o home-office. Se você precisa de alguém dando coordenadas e orientando seu trabalho ou não é muito organizado com horários, quando não tem um ponto para bater, talvez trabalhar de casa não seja uma boa ideia.

Maren Donovan, CEO da Zirtual (empresa que ajuda empresas a contratarem pessoas virtualmente), destaca, no entanto, que não ter um perfil preparado para o home-office não é o fim do mundo. É possível se adaptar. E isso depende das empresas. “Não é para todos, mas nós acreditamos que é papel da empresa criar uma cultura e um senso de comunidade, que motive os funcionários (em home-office) ao sucesso”, afirma.

Conteúdo Administradores.com especial para o meuSucesso.com

Comentários