Pessoas

Descubra os 8 passos que fazem a diferença na qualidade de vida

6/04/2015 • por Paulo Campos

Saber e não fazer, ainda é não saber!

Na vida, muita gente sabe o que fazer, mas poucos são aqueles que realmente fazem o que sabem. Saber não é o bastante. É preciso que você entre em ação. Para que a atitude tenha valor, precisa ser duradoura e consistente.

Podemos pensar em alguns passos promovam uma mudança pessoal.

#1 Eleve seus padrões

Sempre que você quiser sinceramente efetuar uma mudança, a primeira coisa que precisa fazer é elevar seus padrões.

#2 Mude suas convicções limitadoras

Nossas convicções são como ordem inquestionadas, nos dizendo como são as coisas, o que é possível e o que é impossível, o que podemos fazer e o que não podemos.

#3 Mude sua estratégia

Se você estabelece um padrão alto e pode forçar-se a acreditar, certamente poderá também imaginar estratégias. Você simplesmente descobrirá um meio.

Outro ponto importante para garantir que a mudança aconteça, é que você precisa ficar atento am diversas áreas da vida que causam impacto significativo no seu dia a dia e no seu negócio:

#4 Inteligência Emocional

Tudo que fazemos é para mudar o jeito como nos sentimos. Procure descobrir o que o leva a fazer o que você faz em momentos de “tensão” e quais os gatilhos que o levam a esse estado. Buscar ressignificado pode ser um caminho para não ser sequestrado pela sua emoção. A pessoa pode esquecer o que você fez, mas não esquecerá a forma como você a tratou.

#5 Atividade física regular

Ter um horário na sua agenda para uma atividade física de 30 a 60 minutos é um ponto alto do seu dia. Uma caminhada, uma natação, um exercício que lhe permita sair com a cabeça para dar uma volta. Além de uma melhor aparência sua resistência vai melhorar e sua autoestima também.

#6 Relacionamentos

Criar e desenvolver relacionamentos com qualidade é uma base para uma boa vida pessoal e profissional. Do ponto de vista pessoal, são essas pessoas com quem você irá compartilhar seus sonhos e fracassos. Do ponto de vista profissional, resolução de problemas = o que você sabe X quem você conhece.

#7 Controle Financeiro

Essa é uma área delicada. A equação básica é que o que você ganha tem que ser maior do que você gasta. Tenho um amigo que diz que os verbos em finanças são: ganhar, poupar, gastar (com experiências e não com coisas) e doar. Tenha uma planilha e anote seus custos e receitas. Depois de 3 meses você começa a entender onde você pode economizar e onde poupar.

#8 Administração do Tempo

O recurso mais escasso é o tempo. Há que diga que as pessoas que conseguem ter um controle de 50% ou mais da sua agenda semanal já são consideradas diferenciadas profissionalmente. Aqui é preciso paciência para esperar pela passagem do tempo e flexibilidade para alterar sua abordagem com a frequência necessária.

Aqui vai uma dicaduka: Não é o que fazemos de vez em quando que molda nossa vida, e sim o que fazemos sistematicamente. Lembre-se: o importante não é onde você começa, e sim as decisões que toma sobre o lugar que está determinado a alcançar.

Comentários

Quem escreve

Paulo Campos

Professor em Insper

Tem 20 anos de experiência em soluções de aprendizagem (Ensinar, Aprender e Liderar). Desde 2000 já realizou mais de 1.800 palestras para 80 mil pessoas nos temas relacionados ao comportamento humano nas áreas de liderança, aprendizado de adultos e gestão de pessoas. É Mestre em Psicologia da Educação/PUC, Pós-graduado em Marketing e Comunicação/ESPM.

Mais Colunas